The Ballad of Buster Scruggs | Novo filme dos Irmãos Coen tem elenco e sinopse divulgados

Concebido inicialmente como uma minissérie de seis capítulos da Netflix, “The Ballad of Buster Scruggs“, o mais novo projeto dos irmãos Joel e Ethan Coen (“Ave, César!”), acabou se transformando em um longa-metragem, que foi exibido hoje (31) na 75ª edição do Festival de Cinema de Veneza. Agora, o filme, que será uma antologia de westerns composta por seis histórias distintas, teve seu elenco e sinopse divulgados.

Conforme noticiado pelo Collider, a história “The Ballad of Buster Scruggs” contará com Tim Blake Nelson (“Colossal“) no papel de Buster Scruggs e com Willie Watson interpretando um personagem chamado simplesmente de o Garoto. Por sua vez, a história “Near Algodones” apresentará James Franco (“Artista do Desastre“) como o Cowboy. O capítulo “Meal Ticket” terá Liam Neeson (“O Passageiro“) como o Empresário e Harry Melling (“Z: A Cidade Perdida“) como o Artista.

A história “All Gold Canyon” será protagonizada pelo ator e cantor Tom Waits (“Sete Psicopatas e um Shih Tzu“), que dará vida ao Prospector. “The Gal Who Got Rattled” conta com as participações de Bill Heck (“Pit Stop“), Zoe Kazan (“Doentes de Amor“) e Grainger Hines (“The Family Fang“), nos papéis de Billy Knapp, Alice Longabaugh e Mr. Arthur, respectivamente. Por fim, “The Mortal Remains” terá Brendan Gleeson (da série “Mr. Mercedes“) como o Irlandês, Tyne Daly (“Homem-Aranha: De Volta ao Lar“) como a Dama, Jonjo O’Neill  (“On Chesil Beach“) como o Inglês, Saul Rubinek (“Gridlocked“) como o Francês, e Chelcie Ross (“Imperfections“) como o Caçador.

A sinopse oficial do longa foi divulgada pelo Festival de Cinema de Londres, que também exibirá o filme em sua edição desse ano, que deve ocorrer entre os dias 10 e 21 de outubro. Leia abaixo:

“Se você quer compreender o poço sem fundo que é a imaginação dos Coen, não precisa mais procurar. Em se tratando de narração de histórias, essa é loucamente idiossincrática, inegavelmente hilariante e muitas vezes melancolicamente comovente – um estudo cinematográfico do Oeste Americano. Cada agradável capítulo apresenta uma história diferente da fronteira selvagem, com tons e estilos perfeitamente calibrados para cada conto. ‘The Ballad of Buster Scruggs’ tem Tim Blake Nelson interpretando um cantor com boa pontaria. Em ‘Near Algodones’, o aspirante à ladrão de bancos de James Franco recebe o que lhe é devido, e um pouco mais. E só um pouquinho mais, por boa medida.

Um lúgubre humor negro permeia ‘Meal Ticket’, estrelada por Liam Neeson, um conto gótico sobre dois artistas viajantes e cansados. Tom Waits garimpa uma rica mistura de humor em ‘All Gold Canyon’, ao passo em que Zoe Kazan encontra uma inesperada promessa de amor, bem como uma dose da cruel ironia da vida, em um vagão de trem pelas pradarias em ‘The Gal Who Got Rattled’. Finalmente, risadas fantasmagóricas assombram ‘The Mortal Remains’ conforme Tyne Daly julga um grupo heterogêneo de estranhos em um último passeio de carruagem. Filmado requintadamente por Bruno Delbonnel e intrincadamente projetado por Jess Gonchor (com o departamento de arte contribuindo com uma paleta de cor deslumbrante para os intertítulos que introduzem cada uma das sequências), este é um [filme] para os verdadeiros conhecedores. Histórias de ninar para amantes do cinema.”

“The Ballad of Buster Scruggs” será lançado nos cinemas norte-americanos por tempo limitado em 16 de novembro, antes de estrear na Netflix, em uma data ainda não definida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *