Terry Gilliam revela que já recusou cargo de diretor em filme da franquia Alien

O cineasta Terry Gilliam (do ainda inédito “The Man Who Kills Dom Quixote“) revelou, em recente entrevista, que já foi convidado a ficar a frente de uma produção da franquia “Alien”. Contudo, o realizador salientou que não tem interesse de dirigir o que chamou de “filmes fabricados” (via Screen Rant):

“Recebi a proposta de dirigir uma sequência de ‘Alien’ porque naquele tempo, eu estava em alta, dado o sucesso de ‘O Pescador de Ilusões’. Além disso, não gosto de fazer filme como este. Eles são filmes fabricados, materiais de estúdio. Meu último trabalho como este foi montando um Chevrolet na oficina de montagem durante meu colegial. Nunca mais.”

Gilliam ainda declarou o que acha de “Alien – O Oitavo Passageiro“, de Ridley Scott:

“É apenas um trem fantasma no qual algo dá errado e você não sabe quem irá morrer em seguida. Quando assisti o primeiro ‘Alien’, tudo que eu dizia era: ‘Mate logo todos eles e acabe logo com isso”. Porque ao longo do filme, você entende que é isso que irá acontecer. No final, Sigourney Weaver, que é apresentada como uma militar durona, anda em círculos com sua roupas de baixo atrás de seu gato. Pelo amor de Deus!”

Mas nem tudo foram críticas. O cineasta norte-americano também apontou o que viu de bom no clássico de terror, destacando, no fim, algo que o desagradou:

“Claro que existem certos momentos de ouro, mas na última tomada, a qual nunca deveria estar no filme, é aquela que mostra o alien sendo evacuado. O espectador o vê inteiramente e você entende que é apenas um cara vestindo uma roupa. Até então, você vislumbrava apenas detalhes do alien, o que o tornava muito mais assustador. E isso foi bem inteligente. Foi mais ou menos, como em ‘Tubarão’. Eu comentei com Ridley: ‘Você não quer aquela cena do alien no final, corte-a!’”

O próximo trabalho de Gilliam, “The Man Who Kills Dom Quixote“, ainda não tem data para estrear nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *