Produtores baianos debatem o audiovisual produzido no Estado

Discutir o mercado, o cenário e os rumos do audiovisual produzidos na Bahia. Este é o objetivo do I Ciclo de Encontros do Audiovisual que o Grupo Têm Dendê realiza em parceria com a Diretoria de Audiovisual (Dimas) e a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entre os meses de setembro e dezembro, em Salvador.

O Ciclo marca os 20 anos de fundação do Grupo Têm Dendê e os 45 anos da Dimas e, a cada encontro, vai reunir realizadores do audiovisual baiano em um debate sobre a produção e o mercado local.

O primeiro encontro acontece no dia 17 de setembro, às 10h, no Cine Daten Paseo, no Itaigara, e contará com as participações dos diretores Fabíola Aquino e Pola Ribeiro.

As obras escolhidas para a abertura dos Ciclos são Balizando – 2 de Julho, Sonhadores e Samba Junino – De Porta em Porta. Em comum, o fato de todos serem da Obá Cacauê Produções e contarem com a direção ou produção de Fabíola Aquino. Na avaliação da diretora, os debates são uma excelente oportunidade de apresentação dos produtos à sociedade.

Com apoio da Dimas e da Funceb, o I Ciclo de Encontros do Audiovisual vai contar com nomes como Sofia Federico, Adriano Big, Cecília Amado e Rodrigo Luna. A entrada é gratuita e sujeita a lotação do espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *