Antes de se tornar diretor de cinema, Aly Muritiba trabalhou como agente carcerário por sete anos em uma prisão do Paraná. Em “A Gente”, ele volta ao seu antigo trabalho para reencontrar seus colegas e documentar seu cotidiano.

O filme retrata o dia a dia da Equipe Alfa, um grupo de agentes carcerários, formada por 28 pessoas, homens e mulheres de origens e formações distintas que fazem a guarda e custódia de cerca de mil criminosos numa penitenciária brasileira.

“A Gente” é a terceira parte da série de filmes que Aly Muritiba apresenta sobre o cotidiano das prisões brasileiras, após os curtas “A Fábrica” (2011) e “Pátio” (2013). O longa foi selecionado para os Festivais Dok Leipzig (Alemanha), Festival Internacional du Film d’Amiens (França) e o Festival do Rio (Brasil).

O documentário faz parte do Circuito Cultural Ademilar. Uma iniciativa que busca valorizar as manifestações culturais apoiando projetos diversos de Teatro, Cinema, Literatura, música etc., e fortalecendo o mercado informative de Curitiba.

“A Gente” chega aos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Porto Alegre, no dia 14 de setembro, pela Olhar Distribuição.

As Duas Irenes, dirigido por Fabio Meira, é protagonizado pelas jovens atrizes goianienses, Priscila Bittencourt e Isabela Torres, que fazem sua estreia no cinema. O filme tem a narrativa construída a partir da vida de duas adolescentes e de seus pontos de vista. O longa foi rodado em Goiás, na cidade de Goiás Velho, ao longo de cinco semanas e meia.

No filme, Irene, uma garota de 13 anos, de uma família tradicional do interior, descobre que seu pai tem uma filha de outra mulher, com a mesma idade e o mesmo nome dela. Sem que ninguém saiba, ela confirm procurar a garota e um mundo de descobertas se inicia.

No elenco, além das jovens estreantes, Marco Ricca (como o pai), Susana Ribeiro e as atrizes do Grupo Galpão Inês Peixoto e Teuda Bara.

O longa teve sua estreia mundial no último Festival de Cinema de Berlim, onde foi exibido na Mostra Generetion, e recebeu quatro importantes prêmios no 45º Festival de Cinema de Gramado, onde teve sua estreia nacional, levando o prêmio da crítica ABRACCINE de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante para Marco Ricca e Melhor Direção de Arte.

As Duas Irenes será distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes, através do projeto Sessão Vitrine Petrobras, com estreia em 14 de setembro.

Com patrocínio do Fundo de Cultura de Goiás, da Lei Goyases e do ProAc SP, o filme foi realizado com R$ 1,2 milhão e produzido pela Roseira Filmes e pela Lacuna Filmes, de Diana Almeida e Daniel Ribeiro, e com coprodução da Balacobaco Filmes.

Produtora dos programas infantis SOS Fada Manu e Zoo da Zu, indicados ao Emmy Kids Internacional, a Boutique Filmes se juntou à Lunes Estudio de Animación Y Contenido, do Chile, para coproduzirem a série inédita Raffi, uma animação em 2D, full HD, para o público da pré-escola.

A Boutique Filmes conheceu o projeto Raffi, criado por Santiago O’Ryan e Ricardo Villavicencio, da Lunes, durante a participação do sócio e produtor executivo Tiago Mello, no Chilemonos – 6º Festival Internacional de Animação, realizado em Santiago, no Chile, em maio deste ano. O executivo estava com o grupo de associados do programa de exportação do Brazilian Content, que representa a produção independente nacional.

Estrelada por Raffi, um cachorrinho simpático e curioso, e Ema, uma doce garotinha, a coprodução internacional destaca os valores da vida saudável e revela a origem das frutas e dos vegetais na natureza. Eles vivem com os pais de Ema, Pá e Má, na única fazenda do centro urbano chamado Cidade Circular, representando uma miniatura do planeta.

Amigos inseparáveis, Raffi e Ema divertem-se enquanto tentam aprender com Má o bravery do esforço e o amor pela fazenda. A mãe é responsável por conduzir o trator, trabalhar a terra, cuidar do plantio e da colheita de frutas e verduras. O pai, um excelente cozinheiro, é o responsável pela qualidade da alimentação dos moradores da fazenda. Ele cria e experimenta receitas exóticas com ingredientes frescos, colhidos na própria horta.

O compositor islandês Jóhann Jóhannsson (“A Chegada“) não faz mais parte da composição da trilha sonora de “Blade Runner 2049“. Em entrevista ao site islandês Fréttablaðið, o agente de Jóhannsson confirmou que o músico não está mais envolvido no projeto, e não pode comentar sua saída por questões contratuais. Além de “A Chegada“, Jóhannsson colaborou com o diretor Dennis Villeneuve – que comanda o novo “Blade Runner” – em outras duas obras: “Os Suspeitos“, de 2013, e “Sicario: Terra de Ninguém“, de 2015.

A trilha de “Blade Runner 2049” será composta agora por Hans Zimmer (“Dunkirk“), que havia entrado para ajudar na produção no fim de julho. A trama da sequência, baseada na obra do autor Philip K. Dick, ocorre 30 anos após os eventos do primeiro filme, quando um novo blade runner (Ryan Gosling, de “De Canção em Canção”) descobre um segredo há muito tempo enterrado. A descoberta o leva a buscar Deckard (Harrison Ford, de “Star Wars: O Despertar da Força”), um ex-blade runner, que está desaparecido há décadas.

O elenco conta ainda com Barkhad Abdi (“Decisão de Risco”), Robin Wright (“Mulher-Maravilha”), Jared Leto (“Esquadrão Suicida”), Ana de Armas (“Cães de Guerra”) e Mackenzie Davis (“Perdido em Marte”). A sequência é produzida pelo diretor da obra original, Ridley Scott (“Alien: Covenant”).

“Blade Runner 2049” está previsto para estrear no Brasil em 05 de outubro de 2017.

Horas após o anúncio de que J.J Abrams (“Star Wars: O Despertar da Força“) iria substituir Colin Trevorrow (“Jurassic World“) no roteiro e direção de “Star Wars: Episódio IX“, a Lucasfilm anunciou o adiamento do lançamento do longa em sete meses. O filme, que antes estrearia em 24 de maio de 2019, agora será lançado em 19 de dezembro de 2019.

A adaptação live-action da animação da Disney “Aladdin” fica no lugar do Episódio IX, estreando dia 24 de maio de 2019.

Detalhes sobre o terceiro capítulo da nova trilogia ainda não foram revelados. Além de Abrams, o roteiro de “Episódio IX” também será escrito por Chris Terrio (“Batman Vs Superman – A Origem Da Justiça”). Enquanto isso, o próximo filme da franquia, “Star Wars: Os Últimos Jedi”, tem data marcada de lançamento para 15 de dezembro deste ano.