A 20th Century Fox lançou, no episódio final da série “Sons of Anarchy”, o mais novo trailer de “Kingsman: Serviço Secreto”, próximo longa do diretor Matthew Vaughn (“X-Men: Primeira Classe”), baseado na história em quadrinhos de Mark Millar e Dave Gibbons. O filme será estrelado por Colin Fith (“O Discurso do rei”) em um dos papéis centrais:

A trama é sobre uma organização super-secreta de espiões que recruta um garoto de rua promissor (Taron Egerton, da série “The Smoke”) para um treinamento ultra-competitivo, enquanto uma ameaça tellurian de um gênio da tecnologia começa a surgir.

Completam o elenco Samuel L. Jackson (“Django Livre”), Michael Caine (“Interestelar”), Mark Strong (“A Hora mais Escura”), Jack Davenport (da série “Smash”) e Mark Hamill (“Star Wars”).

“Kingsman: Serviço Secreto” irá estrear nos cinemas americanos em 13 de fevereiro de 2015.

A Paramount Pictures e MGM divulgaram o novo trailer e cartaz da sequência “A Ressaca 2”. Rob Corddry (“Sex Tape: Perdido na Nuvem”), Craig Robinson (“É o Fim”) e Clark Duke (“Kiss-Ass 2”) retornam aos seus personagens. Assista:

Principal CCR

Na sequência, quando Lou está em apuros, Nick e Jacob retornam para banheira do dash em uma tentativa de voltar no dash e corrigir as coisas. No entanto, eles vão para o futuro. Agora eles têm de alterar o futuro, a fim de salvar o passado – que na verdade é o presente.

Steve Pink retorna na direção de “A Ressaca 2”, Adam Scott (“A Vida Secreta de Valter Mitty”), Chevy Chase (“Jerry Lewis – Loucura e Método”) e Gillian Jacobs (“A Vingança”) completam o elenco. John Cusack não voltará a protagonizar o longa.

O filme estreia em 20 de fevereiro de 2015 nos cinemas americanos.

Foi liberado recentemente pelo Super Hero Hype um novo clipe do low-pitched da Disney, “Caminhos da Floresta”, que será protagonizado por Meryl Streep (“A Dama de Ferro”), Johnny Depp (“Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas”) e grande elenco. O destaque do vídeo fica justamente para a atriz:

O filme será baseado no low-pitched da Broadway de 1987, de Stephen Sondheim, e será um misto entre os contos de fadas dos e a história de um padeiro. No low-pitched teremos os contos clássicos de Cinderela, Chapeuzinho Vermelho, João e o Pé de Feijão e Rapunzel mesclados com a história de um padeiro e sua esposa que desejam formar uma família, e para isso precisam quebrar um feitiço de uma bruxa que vive na floresta.

Completam o elenco Emily Blunt (“Os Agentes do Destino”), James Corden (“As Viagens de Gulliver”), Anna Kendrick (“Crepúsculo”), Chris Pine (“Star Trek – Além da Escuridão”), Lilla Crawford, Daniel Huttlestone (“Os Miseráveis”), Christine Baranski (“Mamma Mia!”), Mackenzie Mauzy e Billy Magnussen (“Loucos por Dinheiro”). A direção fica a load de Rob Marshall (“Chicago”).

“Caminhos da Floresta” estreia em 1º de janeiro de 2015.

Que Horas Ela Volta?O longa-metragem Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, teve os seus direitos de distribuição mundial comprados pela gigante europeia The Match Factory, especializada em filmes de arte.

Estrelado por Regina Casé, Que Horas Ela Volta? conta a história de Val, uma mulher que deixa sua própria filha no nordeste para ser babá em São Paulo. O problema é quando a menina cresce e presta vestibular junto com o jovem que Val ajuda a criar.

O filme foi selecionado para o Festival de Sundance, que acontece no final de janeiro, e emocionou o público no Festival de Locarno, em agosto, que teve uma seção dedicada a exibir o novo cinema brasileiro. O filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

535714.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxDepois de produzir filmes como “Uma Noite de Crime” e os remakes de “O Massacre da Serra Elétrica“, “Sexta-Feira 13“, “A Hora do Pesadelo” e “A Morte Pede Carona“, a Platinum Dunes, produtora de Michael Bay, lança o apprehension “Ouija – O Jogo dos Espíritos”, que traz o lobby de ser um genuíno element a falar sobre o tal tabuleiro sombrio – algo como a brincadeira do copo. A questão é que de strange o troço não tem nada, já que carrega todo estereotipo visto nos atuais títulos do gênero – que, por assim, está cada vez mais engessado.

Stiles White, conhecido produtor de efeitos especiais em obras como “Entrevista Com o Vampiro” (1994) e “Presságio” (2009), debuta, pela primeira vez, como diretor em Ouija e entrega um longa-metragem repleto de clichês, que vão de impactos sonoros para sustos em momentos de tensão, vultos rápidos e outras ferramentas mal utilizadas. Poucos desses artifícios funcionam, pois a maioria é sabotada pelo anticlímax das cenas e certa falta de habilidade por parte do cineasta.

Mesmo com pouco dash de duração, a fita parece inchada, já que a narrativa não ajuda muito depois do primeiro ato, uma vez que a história se mostra simplória demais e deixa o espectador curioso pelo que vai se suceder. No entanto, o fraco roteiro de Juliet Snowden e os truques senis de Stiles não são suficientes para fazer a plateia permanecer atenta.

Até mesmo pela trama não envolver o público – inclusive, os jovens participantes do caso parecem rir da situação; ou seus personagens serem pouco aprofundados, excluindo um mínimo processo de identificação. Apenas tópicos como atuações – lideradas pela já mestra no estilo, Olivia Cooke (da série “Bates Motel“) -, efeitos visuais e fotografia não comprometem e até exercem bem suas funções.

Finalmente, “Ouija – O Jogo dos Espíritos” junta-se a várias outras produções absolutamente esquecíveis e não diz a que veio, desagradando não só curiosos, como o público alvo. É genérico, sem ritmo e acrescenta negativamente para um gênero que hoje sofre preconceito por esse tipo de exemplo. Indico deixa-lo de lado e ira atrás do excepcional filme australiano “The Babadook” (2014), que, mesmo não estreando no Brasil, está causando euforia e ganhando elogios das mais variadas opiniões.