Uma das notícias maior importantes da semana foi que “Jurassic World” se tornou a terceira maior bilheteria da história do cinema, ultrapassando “Os Vingadores“. O longa arrecadou US$ 1.522 bilhão mundialmente, ultrapassando os US$ 1.519 bilhão do longa da Marvel. Veja como ficou o TOP6:

1) Avatar (2009) / US$ 2.787.965.087
2) Titanic (1997) / US$ 2.186.772.302
3) Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros (2015) / US$ 1.522.631.250
4) Os Vingadores (2012) / US$ 1.519.557.910
5) Velozes e Furiosos 7 (2015) / US$ 1.511.726.205
6) Vingadores: Era de Ultron (2015) / US$ 1.393.498.417

Ouça o RapaduraCast 426 sobre Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

Após o feito, a Universal anunciou a information da sequência de “Jurassic World“: 22 de junho de 2018. A continuação contará com os retornos de Chris Pratt e Bryce Dallas Howard. Steven Spielberg será o produtor-executivo. Colin Trevorrow, diretor do primeiro Jurassic World, e Derek Connolly escreverão o roteiro. Não há informação se Trevorrow também comandará o novo longa.

A Era dos Campeões (2012)

O documentário de Marcos Bernstein e Cesario Mello Franco mostra a saga dos três maiores nomes da F1 brasileira (Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna) durante o auge das suas carreiras, entre os anos de 1970 e 1990. Além da vida dos campeões, suas corridas audaciosas com pódios emocionantes, depoimentos de outros pilotos, de personalidades ligadas ao esporte e imagens de arquivo inesquecíveis mostram como o Brasil dominou o esporte até 1991, ano do último título de Ayrton Senna.

Eu Sou Ali (2014)

Não é a primeira vez que a a vida do maior pugilista de todos os tempos ganha uma versão para o cinema. Nessa última, “I Am Ali”, documentário dirigido por  Clare Lewins e produzido por Simon Chinn (de “Procurando Sugar Man” Oscar  2013), a história de Muhammad  Ali é enriquecida com comoventes depoimentos de familiares, incluindo seus filhos, outras lendas do boxe como Mike Tyson, George Foreman e Gene Kilroy, testemunhos de amigos, e do acesso exclusivo aos arquivos pessoais de suas gravações. Ali, hoje com 73 anos, sofre da Doença de Parkinson, e merece todas as honrarias e homenagens.

Kid Poker (2015)

O filme ‘Kid Poker’ revela a personalidade, as habilidades e a inteligência de Daniel Negreanu – um dos maiores mitos do esporte da mente. Este incrível jogador traçou uma trajetória brilhante no feltro verde desde que chegou em Las Vegas para jogar poker, há quase 20 anos, vindo do Canadá. Um dos mais bem sucedidos jogadores da história, acumulando 6 braceletes da World Series of Poker (WSOP),  muitas vitórias em torneios ao vivo e uma fortuna em premiações de mais de 29 milhões de dólares.  Negreanu é admirado por uma legião de fãs, está sempre na mídia em assuntos relacionados ao poker – é autor de livros, artigos e blogs e agora, é a figura central do documentário ‘Kid Poker’, homônimo ao apelido que usa online.

Maradona (2008)

A produção franco-espanhola dirigida por Emir Kusturica é um documentário biográfico pouco convencional, sobre o argentino Diego Armando Maradona, um dos jogadores mais polêmicos do futebol mundial. O diretor, fã do craque e da pessoa, apresenta no filme uma análise da carreira de ‘Dieguito’, mostrando as inúmeras situações controversas as quais se envolveu. Explora sua vida nos lugares onde consolidou a carreira, como Buenos Aires e Nápoles, Itália; passando depois por Cuba, contando detalhes da sua amizade com Fidel Castro, quando aborda a política antiamericana. O filme mostra a carreira de Maradona, da espectacular ascensão à trágica queda ligada às drogas.

Tocando o Vazio (2003)

A produção britânica ‘Touching the Void’ conta a aventura dos alpinistas Joe Simpson e Simon Yates, que, em 1985, conquistaram o Siula Grande, nos Andes Peruanos. Após escalar os  6.300 m de altitude  da face oeste da montanha, eles percebem que a rota de descida era muito mais perigosa do que a própria subida. Joe escorregou numa parede de gelo e quebrou a perna. Simon fez de tudo para traze-lo de volta, usando cordas e o próprio corpo. Em derminado momento, Joe acaba caindo e fica pendurado a 300 metros e de altura. Simon sem esperanças, acha que ele já estava morto, decide cortar a corda e descer a montanha. Depois de um tempo descobre que Joe sobreviveu. Um grande filme onde a situação de vida ou morte nos coloca diante do medo, da dor, da sobrevivência e da amizade. Vencedor do Prêmio Alexander Korda de melhor filme britânico no BAFTA de 2004.

A atriz e humorista Amy Schumer fez um ensaio para a edição de agosto da revista GQ em que ela aparece em situações cômicas e sensuais com personagens do universo “Star Wars“. As fotos foram divulgadas e criticadas por Disney e Lucasfilm, donas dos direitos sobre a tale do cineasta George Lucas. Em uma das imagens, Schumer aparece deitada seminua ao lado dos robôs C3PO e R2-D2. Em outra, ela é fotografada com um blade de luz na boca, simulando uma cena de sexo oral:

amyschumerstarwars1

amyschumerstarwars2

amyschumerstarwars3

Fãs de “Star Wars” criticaram o ensaio e questionaram o perfil oficial @starwars no Twitter sobre as fotos, que se pronunciou:

Lucasfilm e Disney não autorizaram, participaram ou perdoaram o uso inapropriado de nossos personagens dessa maneira“.

Schumer é uma das protagonistas do novo filme do diretor Judd Apatow, “Descompensada“, que estreia no Brasil em 24 de setembro.

Em 1997, Sandra Werneck lançou Pequeno Dicionário Amoroso, uma comédia romântica que contava a história do casal Luiza e Gabriel. Em Pequeno Dicionário Amoroso 2, ela mostra os mesmos personagens, mais maduros, e as novas possibilidades de relacionamentos.

A ideia de fazer o segundo filme surgiu há apenas quatro anos. Sandra chamou os roteiristas Paulo Halm (que também escreveu Pequeno Dicionário Amoroso junto com José Torero) e Rita Toledo para continuarem a história de Luiza e Gabriel. E convidou Mauro Farias para ser o codiretor. Eles nunca tinham trabalhado juntos mas a escolha foi fácil. “Eu adoro a família Farias. Pedi uma indicação para o Maurício Farias, marido da Andrea Beltrão, e ele me indicou três nomes, entre eles, o Mauro. Eu já conhecia o Mauro, marcamos um café e gostei de como ele se envolveu com o projeto. O Mauro foi um grande parceiro, criativo, sensível. Gosto de dividir, acho saudável ter um outro ponto de vista. É sempre mais criativo. Trabalhar com o Mauro foi uma experiência maravilhosa, dividíamos tudo, não havia separação de funções. Eu escutava muito e ele respeitava minhas opções. Só tenho que agradecer esta parceria!”, conta Sandra, que também é produtora do longa.

1280x720-3Hb

A Lionsgate divulgou os novos trailer e cartaz oficiais de “American Ultra“, comédia de ação estrelada por Jesse Eisenberg (“Movimentos Noturnos”) e Kristen Stewart (“Acima das Nuvens”). Veja:

Veja o trailer de American Ultra, com Kristen Stewart e Jesse Eisenberg

O longa acompanha o maconheiro Mike (Eisenberg). Desleixado e desanimado, sua única ambição no momento é pedir sua namorada, Phoebe (Stewart), em casamento. Antes que ele possa fazer isso, contudo, o passado do rapaz volta para assombrá-lo quando uma operação do governo passa a tentar eliminá-lo. Com isso, a quieta vida de Mike e Phoebe em uma cidadezinha do interior passa por uma reviravolta completa.

Dirigido por Nima Nourizadeh (“Projeto X”) a partir do roteiro assinado por Max Landis (“Poder Sem Limites”), este é o segundo filme em que Eisenberg e Stewart atuam juntos: os dois protagonizaram a comédia “Férias Frustadas de Verão” em 2009. Ao lado deles, “American Ultra” também traz no elenco Walton Goggins (“Django Livre”), Connie Britton (“O Diário de uma Virgem”), Topher Grace (“Interestelar”), John Leguizamo (“De Volta ao Jogo”), Bill Pullman (“O Protetor”) e Tony Hale (“Os Reis do Verão”).

“American Ultra” tem estreia no Brasil marcada para 10 de setembro.