Já sabemos que o personagem interpretado por Woody Harrelson (Truque de Mestre: O 2° Ato”) em “Star Wars: Han Soloserá um criminoso e mentor do protagonista, interpretado pelo ator Alden Ehrenreich (Ave, César!”). Agora o ator, em entrevista ao Evening Standard, revelou um pouco mais sobre o personagem.

Estou muito empolgado em fazer um filme de ‘Star Wars’. Mas o segredo está em outro nível. O que eu posso dizer é um bom personagem, ele é um mentor para Han e um criminoso, mas bom no coração”, disse o ator.

Parece que o Han da trilogia clássica teve o caráter moldado pelo Beckett (Harrelson). E você, o que acha dessa história de criminoso de bom coração?

“Star Wars: Han Solo” se passa 10 anos antes de “Star Wars: Uma Nova Esperança”. Embora não tenha uma sinopse oficial divulgados, esperamos acompanhar todas as empolgantes aventuras de Han Solo, desde como ele conheceu seu amigo Chewie e evoluiu até se tornar um dos melhores personagens da história do cinema.

A direção do spin-off fica por conta de Phil Lord e Chris Miller (ambos de “Uma Aventura Lego”), com roteiro de Jon Kasdan (“A Primeira Vez”) e Lawrence Kasdan (“Star Wars: O Despertar da Força”). O elenco conta ainda com Emilia Clarke (O Exterminador do Futuro: Gênesis”), Donald Glover (“Perdido em Marte”), Thandie Newton (da série “Westworld), Michael K. Williams (“Assassin’s Creed”) e Phoebe Waller-Bridge (A Dama de Ferro”).

O filme deve chegar aos cinemas em maio de 2018.

O diretor ganhador de um Oscar por seu trabalho em “Operação França” e conhecido pelo clássico de terror “O Exorcista”, William Friedkin, está trabalhando em um documentário sobre, bem… exorcismos. “The Devil and Father Amorth” é o nome e as informações são do The Hollywood Reporter.

O documentário pretende comparar o filme de 1973 com a prática real de realizar um exorcismo. Friedkin recebeu permissão para acompanhar e filmar um exorcismo real, praticado pelo padre Gabriele Amorth, conhecido pelo apelido de “Decano dos Exorcismos” por conta de sua experiência com vários exorcismos feitos. O diretor testemunhou o exorcismo de uma mulher italiana, com mudanças estranhas de comportamento. Friedkin comentou a respeito:

“Eu nunca deixei de ser fascinado pela natureza do bem e do mal e pela possibilidade de possessão demoníaca. A oportunidade para mim testemunhar e filmar um exorcismo veio mais de quatro décadas depois de eu fazer ‘O Exorcista’, completamente por acidente.”

O documentário ainda não tem data de lançamento, mas provavelmente será lançado em um circuito mais independente.

A notícia de que a HQ de Hellboy” iria ter um reboot R-Rated ao mesmo tempo que animou os fãs do personagem, veio com a informação de que a dupla Guillermo del Toro (“A Colina Escarlate”) e Ron Perlman (“Animais Fantásticos e Onde Habitam”) não faria parte do projeto. E no meio das novas informações, Peter Briggs (da série “Thunderbirds”), que trabalhou com del Toro no roteiro do primeiro filme, escreveu um texto em sua página do Facebook, afirmando que um spinoff baseado em Abe Sapien quase aconteceu.

“Em 2010, eu […] recebi uma ligação da Universal. Internamente, a Universal estava ansiosa para fazer um spinoff de ‘Hellboy’ baseado no personagem do Príncipe Nuada de ‘Hellboy 2’ e perguntou se eu estava interessado em escrevê-lo. Eu disse que sim, embora houvesse o pequeno problema do príncipe Nuada estar ‘morto’ no final de ‘Hellboy 2’.

“Comecei a trabalhar em um esboço com meu co-escritor, Aaron Mason, enquanto ainda estava na Nova Zelândia. Foi chamado de ‘Hellboy: Silverlance’, e resolvemos o ‘Problema Nuada’. Embora nunca realmente discutido como tal, ele realmente foi um filme do ‘B.P.R.D.’ [Bureau for Paranormal Research and Defense]. O aquático Abe Sapien seira o personagem principal, e Hellboy ainda iria aparecer bastante nele. Suponho que você poderia compará-lo a ‘Esquadrão Suicida’: Batman estava lá, mas a história não era realmente sobre ele. […] Se tivesse sido bem sucedido, teria sido o primeiro de uma série ‘Dos arquivos da BPRD’.”

Briggs concluiu o texto comentando que com o anúncio do reboot da franquia, o spinoff deverá ser desconsiderado pelo estúdio:

“[…] eu acho que é seguro dizer que “Silverlance” está agora oficialmente fora de questão. Como um fã de “Hellboy” por 25 anos, estou curioso para ver como o novo projeto Millennium se apresentará.”

O reboot de “Hellboy” será dirigido por Neil Marshall (“Juízo Final”). Mike Mingola, criador do personagem, irá co-escrever o roteiro ao lado de Andrew Cosby e Christopher Golden. O ator David Harbour (“Esquadrão Suicida”) irá interpretar o personagem principal.

Kevin Feige vem sendo o porta-voz dos anúncios de novos personagens, filmes e sequências do Universo Cinematográfico da Marvel. E não se pode esperar menos do presidente da Marvel Studios. Dentre as últimas declarações, eis uma pequena surpresa: a sequência de Doutor Estranho ainda não está confirmada. Em entrevista ao site Collider, quando perguntado sobre uma provável sequência do Mago Supremo, ele esquivou-se:

“Não estamos discutindo nada além de ‘Vingadores 4’ e de ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar 2’ – que terá outro nome, mas o chamamos assim porque esse foi o acordo feito com a Sony. James Gunn fará ‘Guardiões da Galáxia 3’ em algum momento, mas realmente todo o foco da Marvel Studios é nos próximos oito filmes, contando Guardiões 2”.

Segundo a agenda do estúdio, além de Guardiões da Galáxia Vol. 2 (já lançado), os próximos longas são: Thor: Ragnarok, Vingadores: Guerra Infinita, Pantera Negra, Capitã Marvel, Vingadores 4” e mais três produções ainda sem títulos anunciados.

Embora o destino do personagem continue incerto, sua presença já está confirmada em Thor: Ragnarok e Vingadores: Guerra Infinita. Quanto ao novo filme solo, sigamos esperando, com a virtuosa paciência de Stephen Vincent Strange.

Segundo a Variety, Johnny Depp (“Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar“) interpretará o criador do software de antivírus McAfee, John McAfee, em cinebiografia intitulada “King of the Jungle“.

Baseado no artigo ‘John McAfee’s Last Stand’, escrito por Joshua Davis para o site Wired, o longa vai contar a história da ascensão e queda de John McAfee, que após fazer uma fortuna e mudar-se para o meio da selva em Belize, na América Central, virou de um promissor PhD em Matemática, responsável por uma importante companhia internacional de software, para um sujeito vivendo no meio da selva, escoltado por um pequeno exército particular, enquanto fazia pesquisas sobre substâncias químicas.

O filme tem o roteiro escrito por Scott Alexander e Larry Karaszewski (“1408“), e a direção está nas mãos da dupla Glenn Ficarra e John Requa (“Golpe Duplo“).

O filme ainda não possui uma data de estreia definida.