Finalmente a Fox anunciou o ator que viverá o mutante Cable em “Deadpool 2”. Josh Brolin (“Ave, César!”) foi confirmado através de um comentário feito pelo roteirista do filme, Rhett Reese, no Twitter. Como Brolin também irá interpretar Thanos em “Vingadores: Guerra Infinita”, o ator Ryan Reynolds (“Mente Criminosa”) aproveitou para ironizar toda a situação em seu Twitter:

“Como assim, Fox! Você não pode colocar alguém para fazer dois papeis no mesmo universo Josh Brolin estava em Sicario e eu em Sabrina, Aprendiz de Feiticeira”

Mesmo pertencendo ao mesmo universo nos quadrinhos, no cinema não há qualquer tipo de conexão entre “Vingadores” e “Deadpool”. Da mesma forma, Ryan Reynolds já havia interpretado o Lanterna Verde nos cinemas.

A trama de “Deadpool 2” ainda não foi revelada mas já se sabe que o longa terá Cable e Dominó (interpretada por Zazie Beetz), junto com o retorno de Ryan Reynolds como Deadpool.

O filme é dirigido por David Leitch (“De Volta ao Jogo”) e tem data de lançamento marcada para 1º de março de 2018.

A adaptação da animação clássica “A Bela e a Fera” alcançou a marca mundial de US$ 1 bilhão em bilheteria, depois de menos de um mês desde seu lançamento. O filme se tornou, portanto, o lançamento mais bem sucedido de 2017 até a data. Tudo isso, apesar da controvérsia envolvendo o “primeiro personagem gay” da Disney.

No Estados Unidos somente, o filme arrecadou US$ 435 milhões, também sendo o filme mais bem sucedido do país este ano. Os filmes que têm chance de desbancar “A Bela e a Fera”, como “Guardiões da Galáxia Vol. 2” e “Star Wars: O Último Jedi”, também são lançamentos da Disney.

Mesmo com um orçamento modesto de US$ 160 milhões, “A Bela e a Fera” acabou se tornando uma grande fonte de lucro para o estúdio, o que explica por que a Disney está preparando muito mais adaptações live-action de suas animações. No próximo ano, teremos “Mulan” e também podemos esperar versões de “Rei Leão”, “Dumbo” e “A Pequena Sereia”.

Na trama, que se passa nos anos 1800, um comerciante é feito de prisioneiro por Fera, um antigo príncipe de grande beleza transformado em um monstro. A filha do comerciante, Bela, se oferece para substituir seu pai, sendo aceitada pela Fera. No palácio, Bela encontra um novo mundo de luxo e magia ao mesmo tempo que descobre cada vez mais sobre a Fera.

O filme é estrelado por Emma Watson, Dan Stevens (“Caçada Mortal”), Luke Evans (“A Garota no Trem”), Josh Gad (“Angry Birds – O Filme”) e tem as vozes de Ian McKellen (“X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”), Ewan McGregor (“American Pastoral”), Emma Thompson (“Um Plano Brilhante”) e Kevin Kline (“Última Viagem a Vegas”).

“A Bela e a Fera” segue em cartaz nos cinemas brasileiros.

O líder elfo, Elrond, interpretado por Hugo Weaving (“V de Vingança”) é um dos personagens marcantes da trilogia “Senhor dos Anéis“. Segundo a Variety, a parceria do ator com Peter Jackson estará de volta na adaptação da série de livros “Mortal Engines”, do autor Phillip Reeves, projeto produzido pelo famoso diretor.

Weaving assinou para o papel, porém seu personagem na franquia ainda não foi especificado oficialmente. A história foca em uma Terra mil anos no futuro, quando cidades flutuantes são o lar da raça humana.

O projeto marca a primeira vez que Peter Jackson e Hugo Weaving voltam a trabalhar juntos, desde a trilogia “O Hobbit”. Já a última performance do ator inclusive recebeu indicação ao Oscar, em “Até o Último Homem”, como o pai do personagem de Andrew Garfield.

Weaving se junta ao elenco já formado por Stephen Lang (“O Homem nas Trevas”), Robert Sheehan (“Instrumentos Morais: Cidade dos Ossos”), Ronan Raftery (“Animais Fantásticos e Onde Habitam”), a cantora e atriz sul-coreana Jihae e a estreante Leila George.

A direção do filme ficará a cargo de Christian Rivers, que trabalha há 25 anos ao lado de Peter Jackson, inicialmente produzindo os storyboards de seus filmes e posteriormente como supervisor de efeitos especiais. Rivers já ganhou um Oscar de Melhor Efeitos Visuais por “King Kong”, em 2005. Este novo projeto será seu primeiro como diretor.

O longa é o primeiro de uma série de adaptações dos romances de Reeve. A série é composta por quatro livros: “Mortal Engines”, “Predator’s Gold”, “Infernal Devices” e “A Darkling Plain”.

“Mortal Engines” está previsto para chegar aos cinemas somente em dezembro de 2018.

O site Entertainment Weekly divulgou com exclusividade as primeiras imagens da sequência “Kingsman: Círculo Dourado, inclusive trazendo os astros Channing Tatum (“Ave, César!”), Jeff Bridges (“O Doador de Memórias”)  e Halle Berry (“X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”). Confira abaixo:

“Kingsman: Serviço Secreto” apresentou Kingsman ao mundo: uma agência independente de inteligência internacional operando no mais alto nível, cujo principal objetivo é manter o mundo seguro. Em “Kingsman: O Círculo Dourado”, nossos heróis enfrentarão um novo desafio. Quando o quartel-general é destruído e o mundo é mantido como refém, eles iniciam uma jornada na qual descobrem uma nova organização de espionagem aliada nos Estados Unidos, chamada Statesman. Em uma nova aventura que testará a força e inteligência dos agentes até o limite, as duas agências se unirão para combater um inimigo em comum, a fim de salvar o mundo, algo que já se tornou habitual para Eggsy”.

O filme conta com o retorno de Taron Egerton (“Voando Alto”) e Mark Strong (“Antes de Dormir”), além dos novos nomes: Julianne Moore (“Jogos Vorazes: A Esperança – O Final”) , Halle Berry , Channing Tatum, Vinnie Jones (“Toxina Mortal”) e Jeff Bridges. Matthew Vaughn (“X-Men: Primeira Classe”) retorna à direção.

Kingsman: O Círculo Dourado tem data de estreia marcada para 28 de setembro de 2017. 

A atriz Carrie Fisher, conhecida por interpretar a Princesa Leia na franquia “Star Wars” e que faleceu no final do ano passado, ganhou uma bela homenagem durante a Star Wars Celebration, maior evento oficial da franquia e que está acontecendo em Orlando, nos Estados Unidos. Confira o vídeo abaixo:

Todd Fisher, seu irmão, confirmou recentemente que autorizou o uso das imagens da atriz no Episódio IX, mas ainda não há nada confirmado sobre a continuação da personagem.

A atriz poderá ser vista pelo mais uma vez como a General Leia Organa, já que concluiu as gravações de “Star Wars: Os Últimos Jedi”, que chega aos cinemas em 14 de dezembro deste ano.