Não podemos acreditar no fim do amor. Exibido no Festival de Locarno deste ano, a comédia dramática The Big Sick, no original, é uma daquelas gratas surpresas que aparecem no circuito. Falando de um assunto bastante abordado em longas metragens ao longo dos anos, o amor proibido por conta da religião e costumes de uma das partes, Doentes de Amor, título nacional desse projeto, possui peculiaridades que vão do roteiro baseado na história de vida do ator principal Kumail Nanjiani, que escreveu o roteiro com sua mulher, Emily Gordon, até atuações equilibradas nessa comédia dramática que tende ao riso e um grande cheiro de Oscar para Holly Hunter, deslumbrante, e com um carisma que impressiona.

Produzido pelo famoso diretor Judd Apatow, o filme conta a história do indiano Kumail (Kumail Nanjiani), um jovem motorista de Uber que faz de tudo para entender os costumes e tradições de sua família e foge sempre que o assunto é sobre seu futuro como advogado. Kumail faz Stand Up pela cidade onde mora e em um desses shows acaba conhecendo Emily (Zoe Kazan), uma estudante por quem acaba se apaixonando perdidamente. Só que tudo vai por água abaixo quando Kumail termina com Emily por conta de sua família, que deseja que ele se case com uma indiana. Mesmo sofrendo muito, os dois seguem em frente, até Emily entrar em coma, e, assim, Kumail passa os dias a visitando no hospital e acaba conhecendo melhor a família dela, principalmente o pai Terry (Ray Romano) e a mãe Beth (Holly Hunter).

O equilíbrio eleva a força dos personagens de maneira bonita, quase poética. O protagonista é um cidadão norte americano ainda preso a costumes por conta de sua família. Com medo de ser banido, faz mil e uma piadas coerentes sobre isso, e tenta aos poucos convencer sua família sobre suas escolhas, não só no campo amoroso mas no profissional. Mesmo assim, sua mãe sempre que vão jantar, chama uma jovem de outra família indiana para apresentar a ele. Mas essa é apenas uma parte de sua vida. Seu sonho é ser comediante profissional e se apresentar em palcos pelos Estados Unidos, o foco de suas piadas obviamente são suas histórias e tradições da cultura de sua família.

O fator amor chega na figura de Emily. Completamente encantado, começa a ganhar coragem para tomar decisões que antes eram um tabu em sua cabeça. A maior parte da transformaçãoo do protagonista acontece no segundo ato em diante quando entra a família de Emily na história. Terry e Beth são um casal comum, cheio de problemas e que tem em Emily um elo eterno. O carinho de Jumail por sua filha aproxima os três personagens que entre idas e vindas, em situações hilárias em alguns momentos, vão descobrindo novas maneiras de ver o mundo, sempre através do amor ao próximo. Beth domina muitas dessas cenas, fruto de uma atuação espetacular de Holly Hunter que merece mais uma indicação ao Oscar.

 

A emoção rola solta em muitos momentos. É impossível após as duas horas de filme você não sair apaixonado por essa história.

Explicando o final do filme ‘Mãe!’ [TEORIAS] [SPOILERS]

» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

O Instituto NET Claro Embratel realizará a 3ª edição do projeto NETLABTV, concurso de novas ideias de séries brasileiras, que busca identificar talentos criativos de todo o país e gerar mais oportunidades de negócios para o setor audiovisual, e promoverá oficinas para criação de roteiros de série para TV e Redes Sociais, em São Paulo, entre os dias 29 e 30 de setembro, das 9h às 18h, na Ação Educativa.

As oficinas são gratuitas e abertas a roteiristas, criadores, escritores, dramaturgos e estudantes de universidades, Ensino Médio, cursos técnicos, cursos livres e participantes de organizações sociais. As vagas são limitadas. As inscrições devem ser feita pelo link http://bit.ly/oficinanetlabsp ou pelo e-mail oficinasnetlabtv@casaredonda.com.br, até o dia 27 de setembro.

No dia 28 de setembro, será realizado evento de lançamento regional da 3ª edição do NETLABTV, na capital paulista, composto por palestra seguida de mesa redonda com especialistas em criação de séries para TV e criação de social video (conteúdos seriados de curta duração para redes sociais) na Ação Educativa, das 19h às 21h30. A inscrição para participar do evento em São Paulo deve ser feita pelo e-mail palestranetlabtv@casaredonda.com.br, também até o dia 27 de setembro.

Os novos talentos da videoarte ganham destaque na 7ª Mostra 3M de Arte Digital, exposição a céu aberto, que acontecerá em São Paulo, no Largo da Batata, de 3 de novembro a 3 de dezembro. No meio do Largo, será montado o container.art, um projeto democrático que pretende dar espaço a novos artistas para divulgar suas obras em vídeos, filmes 3D, motion graphics e stop motions com até cinco minutos de duração. Os trabalhos escolhidos serão exibidos durante os 30 dias da exposição, entre 8 e 20 horas.

Para participar, os artistas devem se inscrever, até 19 de outubro, por meio da ficha de inscrição disponível no site www.mostra3mdeartedigital.com.br/containerart. A seleção das obras será feita por uma comissão julgadora, formada pelo jornalista Allan Szacher, pelos artistas Luciano Mariussi e Giselle Beiguelman e uma representante da Elo3, empresa responsável pela curadoria e realização da mostra. Eles avaliarão os trabalhos segundo os critérios de criatividade, argumento e relevância da temática. O resultado com os nomes dos artistas selecionados será anunciado em 1º de novembro, por meio do site e das redes socais da 7ª Mostra 3M de Arte Digital.

Na última sexta-feira, 22, a APCP – Asociación de Productores Cinematográficos del Peru e a UCP – União de Cineastas Peruanos assinaram com a REBRAFIC – Rede Brasileira de Film Commissions um memorando de entendimento (MoU), durante o II SIPC – Seminário Internacional de Produção Cinematográfica.

O objetivo do acordo é criar um marco para o desenvolvimento das relações de cooperação e beneficiar a cada organização e seus respectivos membros. Como resultado, são esperados negócios e oportunidades de produção audiovisual que possam conectar produtoras associadas a film commissions e suas locações, de forma a estimular a atividade econômica nos dois países.

O memorando visa promover a coprodução de filmes, programas de televisão e demais formatos de conteúdo audiovisual, além de filmagens em locações no Brasil por produtores do Peru, com o suporte de uma rede de 26 film commissions em 14 Estados brasileiros e no Distrito Federal. Assim, o novo acordo é uma oportunidade para que os membros da REBRAFIC ofereçam seus serviços e locações para as produtoras peruanas.

O documento foi assinado por Nathalie Hendrickx (Presidente da APCP), Gabriel Quispe Medina (Presidente da UPC) e Steve Solot (Diretor Executivo da REBRAFIC).

A Marvel liberou um novo pôster de “Thor: Ragnarok”, terceiro filme do herói vivido por Chris Hemsworth (“Caça-Fantasmas”). A nova arte, seguindo o tom colorido dos cartazes anteriores, convida o público para assistir ao longa na sala IMAX. Veja abaixo:

Em “Thor: Ragnarok”, o Deus do Trovão está à procura de seu pai, Odin (Anthony Hopkins, de “Transformers: O Último Cavaleiro”), que foi banido de Asgard. A ausência de Odin dá a chance para que Hela (Cate Blanchett, de “Carol”) ataque o reino do herói e ameace todo o universo. A jornada de Thor para impedir isso levará ele ao encontro de novos desafios, assim como de velhos conhecidos, em diferentes cantos da galáxia.

Reveja o trailer do filme:

O elenco ainda conta com Tom Hiddleston (“Kong: A Ilha da Caveira”), Mark Ruffalo (“Truque de Mestre 2”), Jeff Goldblum (“Independence Day: O Ressurgimento”), Tessa Thompson (“Creed: Nascido Para Lutar”), Benedict Cumberbatch (“Doutor Estranho”) e Karl Urban (“Star Trek: Sem Fronteiras”). Taika Waititi (“O Que Fazemos Nas Sombras”) é o responsável pela direção.

“Thor: Ragnarok” estreia nos cinemas brasileiros em 26 de outubro deste ano.