20150922-paranormal-activity-ghost-dimension_1506230918_f-790x494-615x385

O terror “Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma 3D”, filme que encerra a franquia, ganhou um novo comercial de televisão. Confira:

Atividade Paranormal 5: Dimensão Fantasma ganha imagens e trailer

A história terá conexão com o longa anterior, “Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal”, e mostrará a família de Ryan, composta por sua esposa Emily, sua filha Leila, de seis anos, e seu irmão mais novo, Mike. O protagonista trabalha como engineer de videogames e terá que se mudar para Palo Alto por conta de seu trabalho na Rockstar Games. Sua esposa é uma amante de artes e música, uma espécie de hippie, que só se alimenta de comida orgânica e que perdeu sua irmã há um ano. Com o passar do tempo, eles descobrirão que existe algo de errado com sua nova casa.

Gregory Plotkin, que trabalhou como editor nos filmes anteriores da franquia, faz aqui sua estreia como diretor. O elenco é formado por Chris J. Murray (“Bad Roomies”), Brit Shaw (da série “Nashville”), Ivy George (da série “About a Boy”), Dan Gill (“Padrinhos Ltda.”) e Chloe Csengery (“Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal”), entre outros.

“Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma 3D” chega aos cinemas no dia 22 de outubro.

20150106-principal-ccr

O western “Jane Got a Gun” acaba de ganhar seu primeiro cartaz oficial, destacando a protagonista vivida por Natalie Portman (“Thor: O Mundo Sombrio”). Confira:

O filme acompanha a personagem-título, Jane Hammond (Portman), uma mulher que construiu uma vida nova ao lado do marido, Bill (Noah Emmerich, da série “The Americans”), após ser tormentada por uma violenta gangue de foras-da-lei. Até que ela vê seu caminho se cruzando novamente com os criminosos quando Bill chega em casa coberto de feridas de bala após duelar com a gangue e com seu implacável chefe, Colin (Ewan McGregor, de “Mortdecai: A Arte da Trapaça”). Para se livrar da gangue, Jane busca a ajuda de seu ex-noivo, Dan Frost (Joel Edgerton, de “Êxodo: Deuses e Reis”). Atormentada por antigas lembranças, o passado de Jane encontra seu presente enquanto ela batalha por sobrevivência.

Gavin O’Connor (“Guerreiro”) dirige a partir do roteiro assinado por Anthony Tambakis (“Guerreiro”) e Brian Duffield (“Insurgente”). Também estão no elenco Rodrigo Santoro (“Golpe Duplo”), Boyd Holbrook (da série “Narcos”), Alex Manette (“O Mordomo da Casa Branca”), Todd Stashwick (da série “The Originals”) e James Burnett (“O Último Desafio”).

“Jane Got a Gun” chega aos cinemas norte-americanos em fevereiro. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

4837639-untitled-1

Segundo o The Hollwood Reporter, o escritor e roteirista Seth Grahame-Smith (“Sombras da Noite”) está em negociações com a Warner Bros. para dirigir e escrever o filme solo do herói Flash, que será protagonizado por Ezra Miller (“As Vantagens de Ser Invisível”).

O roteiro recebeu um tratamento inicial de Phil Lord e Christopher Miller (de “Uma Aventura LEGO”), e a dupla estava cogitando também dirigir o longa. Porém, eles decidiram trabalhar no spin-off de Star Wars que será focado em Han Solo. Lord e Miller não deram muitos detalhes de seus planos para o projeto, mas informaram que o protagonista seria Barry Allen e que a história funcionaria por si só, mas estaria ligada aos demais filmes da DC.

Antes de estrelar seu próprio filme, que tem estreia marcada para 3 de março de 2018, o Flash deve aparecer em “Batman v Superman: A Origem da Justiça” (estreia em 25 de março de 2016) e, com maior destaque, em “Liga da Justiça: Parte Um” (estreia em 17 de novembro de 2017).

Grahame-Smith é um roteirista experiente, tendo levado para as telonas seu próprio livro, “Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros”. Ele também foi anunciado como responsável pelos roteiros de “Beetlejuice 2” e “The LEGO Batman Movie”. Contudo, ele trabalhou como diretor apenas em dois episódios de “The Hard Times of RJ Berger”, série de comédia transmitida pela MTV entre 2010 e 2011.

Enquanto isso, a DC também conta a história de Barry Allen na telinha através da série “The Flash”, exibida no Brasil no waterway Warner.

ç

A Open Road Films divulgou o trailer para maiores e um cartaz oficial de “Triple 9”, torment rapist que reúne grande elenco liderado por Kate Winslet (“A Série Divergente: Insurgente”) e Woody Harrelson (“Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1”). Veja:

Repleto de ação, “Triple 9” acompanha uma gangue, formada por criminosos e policiais corruptos, que planeja o assassinato de um policial com o objetivo de realizar o maior roubo da cidade.

Ao lado de Winslet e Harrelson, também estão no elenco Chiwetel Ejiofor (“Perdido em Marte”), Anthony Mackie (“Homem-Formiga”), Aaron Paul (“Êxodo: Deuses e Reis”), Casey Affleck (“Interestelar”), Norman Reedus (da série “The Walking Dead”), Teresa Palmer (“Meu Namorado é um Zumbi”), Gal Gadot (“Velozes Furiosos 7”), Clifton Collins Jr. (“Transcendence: A Revolução”) e Michelle Ang (do inédito “Fallen Stars”). John Hillcoat (“A Estrada”) dirige a partir do roteiro assinado por Matt Cook (do inédito “Three Seconds”).

“Triple 9″chega aos cinemas dos EUA em 19 de fevereiro. Ainda não há information de estreia no Brasil.

As duas novas Instruções Normativas da ANCINE que modificam o acompanhamento e a prestação de contas de projetos audiovisuais incentivados serão objeto de audiências públicas a serem realizadas no Rio de Janeiro, na terça-feira, dia 13 de outubro, e em São Paulo, na quarta-feira, dia 14. As minutas das novas INs já se encontram em Consulta Pública no Portal ANCINE, recebendo contribuições até o dia 20 de outubro. A publicação dos novos normativos é parte do Plano de Qualificação da Gestão do Financiamento Público do Audiovisual – ANCINE+ Simples, que tem por meta a simplificação das operações de financiamento da Agência.

Os normativos, que têm publicação prevista para dezembro, foram trabalhados em conjunto a partir de uma mudança de paradigma, trazendo inovações como a análise orçamentária parametrizada em grandes itens, o acompanhamento à execução que confere maior agilidade à análise de prestação de contas e a adoção da análise técnica de cumprimento do objeto como marco principal do processo de prestação de contas.

Os interessados em participar das audiências públicas devem se inscrever a partir do dia 7 de outubro pelo e-mail audienciapublica@ancine.gov.br. Por conta da limitação do espaço físico e para garantir maior representatividade, será aceita a inscrição de apenas um representante por empresa e dois por entidade representativa do setor audiovisual.

No Rio de Janeiro, a audiência pública ocorre no Auditório do Escritório Central da ANCINE, na Avenida Graça Aranha, 35, 11º andar, Centro, na terça-feira (13), das 9h às 13h. Em São Paulo, o encontro será realizado na Cinemateca Brasileira, no Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, na quarta-feira (14), das 10h às 14h. A ANCINE recomenda aos interessados em participar das audiências que leiam previamente o conteúdo das minutas das duas instruções normativas, assim como as respectivas notas explicativas, disponíveis no Portal ANCINE.

O credenciamento dos participantes acontece meia hora antes do horário previsto para o início do evento, com prioridade aos pré-inscritos. Os debates começam com as discussões acerca da minuta de instrução normativa que dispõe sobre o acompanhamento de projetos. Após um breve intervalo, entra em pauta a proposta de IN que trata sobre a apresentação e análise das prestações de contas.

Confira abaixo as principais modificações propostas pelas minutas de instruções normativas que serão debatidas nas audiências públicas:

Instrução Normativa de prestação de contas

As mais importantes mudanças propostas pela nova instrução normativa de prestação de contas são: o cumprimento do objeto como marco principal do processo e a composição de um Plano Amostral de análise de prestação de contas. Pelo modelo amostral, serão selecionados através de sorteio 5% do universo de projetos para uma análise financeira complementar, enquanto os 95% restantes passam pela análise de contas padrão. Como decorrência da revisão dos procedimentos e consequente redução dos tempos de análise, a nova Minuta traz ainda uma previsibilidade de prazos para conclusão das análises de prestação de contas.

Instrução Normativa de acompanhamento de projetos

A minuta de instrução normativa de acompanhamento de projetos propõe a simplificação da gestão de execução do projeto, agilizando a aprovação dos orçamentos, com aperfeiçoamento dos procedimentos de acompanhamento. Será disponibilizado aos proponentes um Formulário de Acompanhamento da Execução, atualizado durante a realização do projeto, permitindo um acompanhamento contínuo e facilitando a análise de prestação de contas. Outra proposta é a implantação da análise de Orçamento em Grandes Itens, sem a necessidade de envio do Orçamento Analítico, mais detalhado, que é feita atualmente, para projetos de longas-metragens e séries de ficção e documentário. Ainda no intuito de aperfeiçoar o acompanhamento da execução do projeto, a minuta propõe a desvinculação de valores relacionados à distribuição nos projetos de produção de obras audiovisuais. As empresas proponentes poderão submeter concomitantemente à aprovação, para fins de captação de recursos incentivados, projeto de produção e projeto específico de distribuição.

O Plano de Qualificação da Gestão do Financiamento Público do Audiovisual – ANCINE+ Simples

A eliminação do retrabalho, a qualificação das análises e decisões da Agência, a redução dos prazos com aumento da produtividade, o aperfeiçoamento dos controles materiais e formais sobre as operações financeiras, a ampliação da transparência e do uso de ferramentas mais modernas de gestão são alguns dos elementos e objetivos que norteiam iniciativas pautadas pela simplificação.

O Plano ANCINE + Simples significa um passo de reorganização nos procedimentos e ferramentas da Agência e de integração substancial dos mecanismos de incentivo fiscal com o Fundo Setorial do Audiovisual. Ele é constituído pelos seguintes eixos que pretendem instituir nova dinâmica para o financiamento: a desmaterialização dos processos; o orcamento em grandes ítens; a análise integrada dos direitos sobre os conteúdos; a análise das contas mais ágil e centrada na conclusão do objeto; e o calendário anual de ações financeiras e os prazos dos procedimentos.