Apesar da 11ª temporada de ‘The Walking Dead‘ ser a última da série, o universo da produção está longe de chegar ao fim. De acordo com o TVLine, a AMC está desenvolvendo um novo spin-off focado no Daryl e na Carol.

A expectativa é que a produção estreia em 2023, trazendo Norman Reedus e Melissa McBride como protagonistas.

Scott M. Gimple cocriou a série ao lado da Angela Kang, que será a showrunner do projeto.

“É agridoce encerrar a série original,” afirmou Kang em uma declaração. “Mas eu não poderia estar mais empolgada para desenvolver uma nova série focada no Daryl e na Carol. Trabalhar com o Norman Reedus e a Melissa McBride tem sido um dos pontos altos da minha carreira e eu estou animada por continuar a história desses personagens.”

Além disso, a emissora também está desenvolvendo um novo spin-off intitulado ‘Tales of the Walking Dead‘, uma produção antológica em que cada episódio trará uma história e personagens diferentes.

Aproveite para assistir:

Vale lembrar que o último episódio da 10ª temporada será lançado no dia 4 de outubro.

O novo episódio será o primeiro de um especial intitulado ‘A Guerra dos Sussurradores: O Confronto Final‘, que se estenderá por mais 6 episódios.

Os outros episódios serão lançados apenas em 2021. E, por causa da nova configuração da 10ª temporada e o contexto atual da pandemia de coronavírus, é possível que a 11ª temporada não estreia em outubro de 2021.

Confira o trailer:

Intitulado A Certain Doom, o novo episódio foi dirigido por Greg Nicotero.

O público ficou ansioso quando “A Torre” foi ao ar em 5 de abril, e terminou em um grande momento em que os sobreviventes foram presos por uma horda de caminhantes esmagadora desencadeada por Beta (Ryan Hurst) e os Sussurradores.

“É um dos meus episódios favoritos da temporada”, disse Nicotero ao FANDOM . “O que há de bom no nosso programa, é o que Angela [Kang, showrunner] fez tão bem: manteve o momento da história avançando. Vai começar onde nós deixamos todo mundo pela última vez era que Beta e a horda estavam cercando a torre e o final continua exatamente de onde paramos”.

“Há muitas histórias de personagens abordadas – você obtém pequenas informações aqui, aqui, aqui e deseja encerrar esse capítulo e iniciar o próximo capítulo no final. Abordamos muitas coisas com Daryl, muitas coisas com Negan, muita coisa com a Beta, e muita coisa com Carol”, disse Nicotero, acrescentando que o retorno de Maggie vai acontecer na 11ª temporada.

“Nos últimos dois minutos do final do episódio, as mandíbulas das pessoas vão cair”, concluiu.

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Durante uma entrevista para o Moviehole, o roteirista Ed Neumeier revelou que está trabalhando como produtor executivo em uma vindoura série de TV da franquia Robocop.

Desenvolvida pela MGM, a série será ambientada antes dos eventos do 1º filme, lançado em 1987, e será focada na ascensão de Dick Jones como executivo da OCP, uma organização de segurança privada que admnistrava a polícia de Detroit.

Para quem não se lembra, Jones (Ronny Cox) foi o responsável pela criação do androide ED-209, projeto militar que fracassou e foi substituído pelo programa Robocop.

“Estou trabalhando na série com a MGM e posso adiantar que o roteiro tem todas as coisas legais que vimos em ‘RoboCop’, exceto o o RoboCop. Contratamos os roteiristas Dave Parkin e Rob Gibbs, que compraram essa ideia de um produtor de TV que é amigo meu. A primeira vez que ouvi a ideia, soube que era algo legal porque teríamos liberdade para explorar o passado de Jones. Ele é um personagem tão interessante ehpá tantas coisas que podemos fazer com ele…”, disse Neumeier.

Empolgado, ele continuou:

Aproveite para assistir:

“A ideia abrange muitas possibilidades ligadas aos negócios de tecnologia mesclados com as leis do governo. Isso envolve referências ao Vale do Silício, empresas de softwares, atualizações nos seviços de polícia, há espaço para muitas coisas.”

Infelizmente, o cineasta disse que ainda não há previsão para a estreia, já que a MGM está procurando parceiros para patrocinar a produção.

E como o projeto está nos estágios iniciais, não foram revelados maiores detalhes sobre o elenco e possíveis diretores.

Até lá, vale lembrar que a franquia vai ganhar um novo filme intitulado ‘Robocop Returns‘, que será uma sequência direta do original.

Abe Forsythe, conhecido por seu trabalho na comédia ‘Pequenos Monstros’ (Little Monsters), foi contratado para o cargo de diretor.

Forsythe assumiu a função após a saída de Neil Blomkamp, que deixou o projeto em agosto de 2019 ano devido a conflitos de agenda.

Antes de deixar o projeto, ele revelou no Twitter que a sequência seria com censura para +18 anos, salientando que a trama traria “muita ironia e explosões”.

O roteiro é assinado por Justin Rhodes, baseado em um rascunho primário feito pelos roteiristas do clássico de 1987, Neumeier e Michael Miner.

O longa não deve contar com o astro do filme original, o ator Peter Weller.

Mesmo com 71 anos, muita gente acreditava que o ator retornaria ao papel por conta dos avanços tecnológicos da computação gráfica, mas o site Super Bro Movies que Weller não tem o menor interesse em reprisar o papel.

Isso não é bem uma surpresa para os fãs do ator, que está cada vez mais reservado participando muito pontualmente de alguns filmes, como ‘Star trek: Além da Escuridão’.

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Segundo informações da Rádio Bandeirantes, a prefeitura de São Paulo está se articulando para entrar na fase verde da pandemia do COVID-19 no próximo dia 20 de setembro.

Seguindo o plano de flexibilização do governo do estado, a fase verde representa o nível mais brando da viralização da doença – e refletem a possibilidade de retorno de eventos culturais, incluindo a reabertura de 380 salas de cinema na capital paulista depois de seis meses de fechamento.

Entretanto, é necessário dizer que a retomada desse setor de vital importância para a economia vem com restrições, como o funcionamento de apenas 8 horas por dia e redução da capacidade para 60% do público. A venda de ingressos será feita através dos sites dos cinemas e deve-se respeitar o distanciamento de um metro e meio entre as pessoas (com exceção de casais e famílias).

Segundo Paulo Celso Lui, presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas no Estado de São Paulo (SEETCESP), essa regulamentação protetiva impedirá a contração do vírus nas salas. Lui garantiu que “a segurança é total” e que “não há motivos para correr risco”.

O SEETCESP havia publicado uma nota algumas semanas atrás revelando que, com a paralisação do setor, mais de R$1 bilhão deixou de ser arrecadado e, em comparação com o mesmo período em relação a 2019, nada menos que 100 milhões de espectadores deixaram de frequentar o cinema. Felizmente, a demissão de funcionários não foi tão grande quanto a de outras categorias (representando um desligamento de menos de 10% dos funcionários).

Aproveite para assistir:

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Antes de viver o temido Negan em ‘The Walking Dead’, Jeffrey Dean Morgan fez muito sucesso entre os fãs de ‘Supernatural‘ interpretando John Winchester, pai de Dean (Jensen Ackles) e Sam (Jared Padalecki).

No entanto, o personagem quase foi interpretado por ninguém menos que Bruce Campbell, o Ash Williams da franquia ‘A Morte do Demônio‘.

Quem revelou a informação foi o próprio Ackles, durante uma entrevista para o podcast Inside of You com Michael Rosenbaum.

“John continua sendo um personagem icônico e os fãs sempre mencionam ele. O engraçado é que Bruce Campbell foi a 1ª primeira escolha do estúdio, mas não conseguiram encaixá-lo porque ele tinha uma agenda muito lotada, na época. Jeffrey só iria interpretá-lo nas versões em que Dan e Sam eram pequenos. No fim das contas, decidiram envelhecê-lo e deixá-lo com o papel, o que eu achei incrível, para falar a verdade.”

Apesar de Morgan ter aparecido somente em onze episódios de toda a série, seria difícil imaginar qualquer outro ator interpretando o personagem.

Aproveite para assistir:

Felizmente, tudo acabou se resolvendo nos bastidores, para a alegria dos fãs.

Lembrando que os episódios finais da 15ª e última temporada de ‘Supernatural‘ retornam a partir do dia 08 de outubro, na CW.

Confira o trailer estendido, junto com o pôster:

“Sua jornada final continua. Os sete episódios finais de Supernatural estreiam a partir de 08 de outubro!

Criada por Eric Kripke, a série inicialmente foi planejada para durar 5 temporadas, mas continuou após se tornar um dos maiores sucessos do canal.

Sam (Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) lutaram contra demônios e anjos, criaturas míticas e monstros, em uma busca aparentemente interminável para salvar o mundo. Mas na batalha final, eles enfrentam o próprio Deus (Rob Benedict), recusando-se a matar seu filho Nephilim Jack (Alexander Calvert), trazendo assim a decisão de Deus de acabar com essa realidade de uma vez por todas…

O elenco conta com Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins, Samantha Smith, Mark Pellegrino, Ruth Connell e Alexander Calvert.

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Apesar de ter apenas 24 anos de idade, Tom Holland já acumula inúmeros sucessos em sua jornada como ator, que vai muito além dos filmes do ‘Homem-Aranha‘.

Mesmo assim, o astro disse em seu perfil do Instagram que atuar em ‘O Diabo de Cada Dia‘ foi um grande salto em sua carreira e que aprendeu muito com o diretor Antonio Campos.

Baseado no do livro homônimo de Donald Ray Pollock, o longa acompanha o órfão Arvin Eugene Russell (Holland) e explora a perspectiva de vários personagens corrompidos ou traumatizados entre o final da Segunda Guerra Mundial e a década de 1960.

Na publicação, ele compartilhou uma foto ao lado do cineasta e escreveu:

“Trabalhar com esse cara foi um prazer absoluto. ‘O Diabo de Cada Dia‘ foi um grande salto na minha carreira e não consigo imaginar ninguém melhor [além de Antonio Campos] para fazer isso. O filme chegará ao catálogo da Netflix em 16 de setembro… Estão ansiosos?”

Aproveite para assistir:

Confira:

 

 

Working with this guy was an absolute pleasure. The Devil All The Time was a huge step for me to take and I can’t imagine anyone better to do it with. The 16th of September this film is yours on @netflix so let me know what you think and enjoy!

Uma publicação partilhada por Tom Holland (@tomholland2013) a 8 de Set, 2020 às 12:00 PDT

Recentemente, a Netflix divulgou o novo pôster oficial do longa, que também conta com a participação de Robert Pattinson.

Confira, junto com o trailer:

Na trama, a esposa de Willard Russell está à beira da morte, lutando contra um câncer. Para tentar salvá-la, ele tenta de tudo: bebe sem medidas, ora e não mede esforços em sacrificar animais. Enquanto isso, seu filho, Arvin, está crescendo, aprendendo a lidar com o bullying da escola, se posicionando como pode. A conturbada família ainda é cercada por personagens dos mais nefastos: um grupo de serial killers insanos, um pregador que come aranhas e um xerife local corrupto.

O elenco também conta com Bill Skarsgard, Riley Keough, Jason Clarke, Sebastian Stan, Haley Bennett, Mia Wasikowska, Eliza Scanlen, e Harry Melling.

Randall Poster, Jake Gyllenhaal e Riva Marker são produtores.

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE