Goiânia Mostra Curtas recebe inscrições para palestras, debates, painel e seminário

Com a proposta de incentivar produção e mercado audiovisuais, a 16ª edição da Goiânia Mostra Curtas oferece, além das exibições de filmes, durante o festival, palestras, painel, seminário e debates ministrados por profissionais reconhecidos no setor, além de encontros e lançamentos literários. A programação é gratuita e a demonstração de interesse – feita por meio de preenchimento de cadastro – por vagas pode ser feita até o dia 26 de setembro, através do site www.goianiamostracurtas.com.br. Como as vagas são limitadas, no dia das atividades, aqueles que se cadastrarem previamente terão prioridade.

Na programação, há a palestra Leis de Incentivo e Fundos de Financiamento, que será coordenada por Guilherme Fiuza e Júlia Nogueira, no dia 5 de outubro, das 9 horas às 12h30, no Papillon Hotel. O principal objetivo é o estudo da formatação e dos fundamentos para elaboração de projetos audiovisuais, incluindo o argumento e a apresentação verbal de um projeto perante uma comissão. O conteúdo abrange os formatos longa-metragem e séries, nas categorias ficção, animação e documentário, direcionados ao mercado televisivo e das salas de cinema.

O Painel Direito do Audiovisual vai promover uma mesa redonda a respeito dos desafios jurídicos para a produção audiovisual no Brasil, seguida de um workshop sobre direitos autorais. O evento será no dia 6 de outubro, às 10 horas (mesa redonda) e às 14h (workshop), no Papillon Hotel, e terá participação de Adriana Rodrigues (Produtora Executiva), Pedro Novaes (Presidente da GOFilmes) e Rafael Neumayr (Presidente da Comissão de Direito do Audiovisual, da Moda e da Arte da OAB/MG).

O seminário “Um dia com a Ancine” é uma ação de transparência institucional da Agência Nacional do Cinema, com o intuito de apresentar ferramentas que podem ser utilizadas para o esclarecimento das dúvidas mais frequentes dos profissionais em seus primeiros contatos com as diversas áreas do ente público. A explanação será no dia 7 de outubro, a partir das 9 horas, no Papillon Hotel, e fica a cargo de Layo Barros, especialista em Regulação da Atividade Cinematográfica e Audiovisual. Entre os temas abordados estão o registro de agentes econômicos, a emissão de Certificado de Produto Brasileiro (CPB), e o trâmite para a realização de um projeto audiovisual, utilizando recursos de fomento e do Fundo Setorial do Audiovisual.

A narrativa textual, visual e sonora no processo de construção da obra fílmica será a temática abordada pela diretora de arte Vera Hamburger na palestra “Do desenho à cena: outra experiência”. A apresentação vai ser realizada no dia 8 de outubro, das 9 às 12 horas, no teatro do Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás (UFG), de forma integrada ao Laboratório Fronteiras Permeáveis – atividade também formativa oferecida pelo festival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *