Globo de Ouro terá regras de elegibilidade temporariamente alteradas devido à falta de filmes nos cinemas

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês), responsável pela organização da premiação do Globo de Ouro, anunciou nesta quinta-feira (26) medidas temporárias para ajustar os requisitos de elegibilidade para a cerimônia de 2021. Tais mudanças ocorrerão em decorrência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

De 15 de março a 30 de abril de 2020, os estúdios não precisarão lançar os filmes primeiro nos cinemas, podendo disponibilizá-los inicialmente por outros meios, como serviços de streaming ou canais de TV. Dessa forma, se um filme, reservado inicialmente pelo distribuidor para os cinemas, foi transferido para a televisão ou streaming após o fechamentos dos cinemas, será considerado elegível para o Globo de Ouro, desde que os membros recebam um link ou DVD para exibição em casa. Anteriormente, as exibições obrigatórias de filmes em inglês para os membros podiam ocorrer a qualquer momento antes do lançamento no cinema ou até uma semana após o lançamento do filme na área da grande Los Angeles.

O HFPA continuará avaliando o impacto da epidemia COVID-19 na distribuição e exibição de filmes e televisão, podendo estender as alterações das regras do Globo de Ouro e fazer outras mudanças temporárias, conforme a situação da pandemia ao redor do mundo for sendo alterada.

O Globo de Ouro não deverá ser a única premiação a ter regras alteradas devido ao vírus. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA vem considerando implementar mudanças importantes nas regras do Oscar de 2021. Uma reunião está agendada para 14 de abril para discutir tais decisões.

Com a atual crise, diversos filmes tiveram seus lançamentos adiados, o que pode gerar um prejuízo de mais de US$ 20 bilhões em Hollywood. Vários filmes, que recentemente estrearam nos cinemas, já foram lançados para VOD, enquanto filmes menores, chegarão diretamente em serviços de streaming. Com a situação imprevisível dos próximos meses, os estúdios buscam garantir que seus filmes sigam tendo chance nas premiações. Veja aqui todas as produções paralisadas e lançamentos adiados até o momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *