[EXCLUSIVO] Rampage: Destruição Total | Dwayne Johnson e Naomie Harris falam sobre a produção do filme de ação

Rampage: Destruição Total” estreou nos cinemas na última quinta-feira (12) e durante o processo de divulgação do longa, os astros Dwayne “The Rock” Johnson (“Jumanji: Bem-Vindo à Selva”) e Naomie Harris (“Beleza Oculta”) conversaram com a própria Warner Bros., que cedeu a entrevista com exclusividade ao Cinema com Rapadura. Na conversa, os atores falaram sobre o filme, as dificuldades em gravar as cenas de ação e sobre as inspirações para o longa.

Warner Bros.: Como a frase “o grande encontra algo maior” define esse filme?

Dwayne Johnson: “Rampage:” é um grande filme – grande em escala, grande em ação e grande no coração. É épico em todos os sentidos.

Nós não temos apenas um gigantesco e incrível gorila albino, nós temos um lobo cinza mutante e um crocodilo enorme. Nós destruímos uma cidade grande. Então, os fãs podem esperar por uma ação grande e intensa que cria um passeio ininterrupto de diversão e caos.

WB: Você já fez grandes filmes de ação antes, mas Naomie é menos experiente neste assunto. Você deu algum conselho a ela?

Dwayne: Naomie é muito boa com drama, como todos vimos com seu desempenho em “Moonlight”. Mas ela também é durona. Este foi seu primeiro grande filme de ação com cenas épicas de calamidade e destruição, e me passou muita confiança quando filmamos.

Em seu primeiro dia no set, Naomie foi jogada em uma grande cena de ação. Nós estávamos em um helicóptero, girando para baixo a partir do topo de uma torre. Envolvia muita destruição e estávamos caindo. Havia um monte de marcações que ela tinha que olhar, além da tela verde e de todas aquelas coisas que vêm com esse tipo de filme. E Naomie fez tudo isso, ela foi incrível. No terceiro dia, ela já era uma mestra na ação.

Naomie fez um grande trabalho no papel de Kate, que é a personagem que junta e mantém toda essa história – algo muito parecido com as mulheres na minha vida que sempre seguram as pontas pra mim.

WB: Como foi trabalhar com o ator de captura de performance Jason Liles (“Death Note”), que interpreta o gorila albino George?

Dwayne: Eu já vi captura de performance em filmes e trabalhos incríveis de pessoas como Andy Serkis. Mas experienciar isso realmente com Jason em “Rampage” foi algo inestimável. Ele dava vida não só a George, mas a todos ao seu redor. Jason realmente mergulhou no estudo dos hábitos, emoções, vocalizações e personalidade dos gorilas. Foi incrível ver como Jason incorporava as emoções, o espirito e a energia de animal. Um desempenho espetacular.

WB: Ouvi dizer que o seu cachorro, Hobbs, serviu de inspiração para a conexão emocional que Davis tem com George. Como isso aconteceu?

Dwayne: Um dos pontos principais do filme, em meio a toda ação e destruição, é o vínculo de Davis e George. Eu baseei muito disso no relacionamento que eu tenho com meu pequeno buldogue, Hobbs. Eu sou um amante dos animais desde a infância e tenho animais de estimação desde sempre, mas minha relação com Hobbs é especial.

É importante para mim equilibrar a ação do filme com o coração. Em “Terremoto: A Falha de San Andreas”, a emoção veio do meu personagem protegendo sua família. Em “Rampage”, é sobre Davis salvar seu melhor amigo. Essa conexão emocional torna o filme especial.

WB: O que te atraiu para esse filme e para a personagem Kate?

Naomie Harris: Eu estava no meio da divulgação de “Moonlight” e estava chamando a atenção com a personagem que interpretei no filme, Paula. Eu sempre gostei de interpretar personagens diferentes, para me desafiar e ter trabalhos variados. O papel de Kate em “Rampage” está a milhões de quilômetros de distancia de Paula, e eu queria fazer algo divertido e alegre.

Então falei com [o diretor] Brad Peyton e ele estava tão cheio de vida e energia que me entusiasmei com o filme e decidi trabalhar com ele. Eu também me conectei com Kate porque simpatizava com sua jornada e seu desejo de fazer a diferença no mundo, e corrigir o erro que ela criou – um patógeno que se tornou uma arma.

WB: Como foi trabalhar ao lado de Dwayne Johnson?

Naomie: Foi maravilhoso, porque ele tem um carisma incrível. É impossível não ser encantado e movido por ele. Dwayne traz esse compromisso para o set e muda toda a energia lá. O espirito de todos é levantado. Foi maravilhoso ver isso.

WB: Você fez algumas cenas de ação nos filmes de James Bond, mas talvez não no mesmo grau de “Rampage”. Como foi fazer isso?

Naomie: Eu não estou acostumada a trabalhar com a tela verde, então isso foi um grande desafio e eu sou grata por ter Dwayne comigo, ele é o melhor nesse tipo de coisa, e era como um guia pra mim.

WB: Dwayne disse que você se tornou uma mestra rapidamente em tudo isso!

Naomie: Isso é engraçado porque eu estava com muita dificuldade (risos). Foi absolutamente assustador para mim, porque tudo foi muito rápido. Minhas cenas de ação mais desafiadoras foram no helicóptero, porque não há nada além de uma enorme tela verde à sua frente e algumas bolas de tênis com números. Eles diziam: “Olhe para a esquerda na bola número três e fique aterrorizada porque um prédio esta desmoronando à sua frente. Agora vire à direita e olhe para a bola sete, há um outro helicóptero vindo na sua direção!”. Foi muito, muito difícil para mim.

Mas então eu decidi abordar essas cenas de maneira mais divertida e eles acabaram abrindo um mundo de imaginação e diversão pra mim.

WB: Qual foi o seu momento favorito no set do filme?

Naomie: Todos os dias foram incríveis, graças a Brad, que tem muita paixão pelo filme. Ele lembra que o coração do nosso trabalho está em dar ao público uma experiencia emocional. Todos os dias no set eram fenomenais, Brad tem mais energia e paixão do que qualquer outro diretor com quem trabalhei.

Eu também tive o privilégio de ter meus amigos e família visitando nosso set em Atlanta para passar um tempo comigo e conhecer Dwayne, foi um momento incrível para eles. Ele foi tão generoso com eles e tirou foto com todos. Eles nunca esquecerão essa experiência e nem eu!

WB: Para finalizar, o que você espera que o publico veja quando for assistir ao filme nos cinemas?

Naomie: “Rampage” é um filme pipoca divertido, são duas horas de uma grande aventura. Você experimentará algumas emoções, dará algumas risadas e será comovido pela trama também. Você vai se divertir muito com o filme.

Adaptado do famoso jogo de videogame “Rampage”, que foi lançado em 1986 pela Arcade, a trama conta a história do primatologista Davis Okoye (Johnson), que tem sob seus cuidados o inteligente e dócil gorila George, com quem estabeleceu uma fortíssima amizade desde o nascimento deste.

No entanto, a doce criatura acaba se transformando em uma fera temível e gigantesca, fruto de um erro em uma experiência genética ilegal, enquanto outros animais acabam passando pela mesma transformação. Dessa forma, as criaturas geneticamente modificadas espalham um rastro de destruição por onde passam, e Davis se une a uma geneticista para desenvolver um antídoto, numa tentativa de impedir as catástrofes causadas pelos animais e ainda recuperar seu grande e querido amigo.

O elenco do filme também conta com Malin Akerman (da série “Billions”), Jake Lacy (“Cartão de Natal”), Joe Manganiello (“Os Smurfs e a Vila Perdida”), Jeffrey Dean Morgan (da série “The Walking Dead”), P. J. Byrne (da série “Big Little Lies”) e Marley Shelton (“Presságios de um Crime”). A direção é de Brad Peyton (da série “Frontier”) e o roteiro é de Adam Sztykiel (da série “Undateable”).

“Rampage: Destruição Total” já está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil e você pode ler a nossa critica do filme clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *