Divulgadas imagens inéditas de alguns dos filmes aguardados para o fim de 2018 e início de 2019

A revista norte-americana Entertainment Weekly divulgou imagens inéditas de diversos filmes que estreiam no segundo semestre desse ano nos Estados Unidos. Entre as estreias estão “A Garota na Teia de Aranha”, “Alita: Anjo de Combate”, “Bumblebee” e “A Freira”. Veja abaixo:

“A Garota na Teia de Aranha”: Reboot da saga Millenium nos cinemas, o filme é uma adaptação do livro homônimo, o quarto da série. Com direção de Fede Alvarez (“A Morte do Demônio”), o longa acompanha a jovem hacker de computador Lisbeth Salander (Claire Foy, de “Caça as Bruxas”), e o jornalista Mikael Blomkvist (Sverrir Gudnason, de“Borg vs McEnroe“), que se encontram presos em uma teia de espiões, criminosos cibernéticos e corruptos oficiais de governo. A estreia está marcada para o dia 8 de novembro no Brasil.

“As Viúvas”: Baseado no livro homônimo da escritora inglesa Lynda La Plante, o filme conta a história de quatro mulheres sem nada em comum que se unem para cobrar uma dívida deixada para trás pelas atividades criminosas de seus falecidos maridos. Com direção de Steve McQueen (“12 Anos de Escravidão”), o longa é protagonizado por Viola Davis (da série “How To Get Away With Murder”), Michelle Rodriguez (“Velozes e Furiosos 8”), Elizabeth Debicki (“The Cloverfield Paradox”) e Cynthia Erivo (da série “Broad City”). O filme  ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

“Alita: Anjo de Combate”: Adaptação do mangá “Battle Angel Alita”, o filme se passa em um futuro distópico do século XXVI e segue a ciborgue Alita (Rosa Salazar, de “Maze Runner: A Cura Mortal”) – que é encontrada sem memórias em um terreno baldio por um cientista. Ela se torna uma caçadora de recompensas e passa a rastrear criminosos a partir de então. O longa tem direção de Robert Rodriguez (“Sin City: A Dama Fatal”) e roteiro e produção de James Cameron (“Avatar“). O filme estreia no dia 3 de janeiro de 2019 no Brasil.

“If Beale Street Could Talk”: Baseado no livro homônimo do escritor James Baldwin, o filme conta a história de uma jovem do Harlem (interpretada pela estreante Kiki Layne), que se esforça para provar que seu noivo (interpretado por Stephan James, de“Raça”) é inocente do crime pelo qual foi acusado, tudo isso grávida do primeiro filho do casal. O longa tem direção e roteiro de Barry Jenkins (“Moonlight: Sob a Luz do Luar”). O filme ainda não possui previsão de estreia no Brasil.

“Boy Erased”: Baseado no livro de memórias de Garrard Conley, o filme conta a história de como Conley (Lucas Hedges, de “Lady Bird: A Hora de Voar”), filho de um pastor conservador, foi forçado a fazer uma terapia para “curar” sua homossexualidade, para não perder seus amigos, sua família e sua fé. Com direção de Joel Edgerton (“Operação Red Sparrow”), que também atua no filme, o longa ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Bumblebee“: Spin-off da franquia “Transformers”, a trama do longa se passa anos antes do primeiro filme, em 1987. A história do filme acompanha Charlie (Hailee Steinfeld, de “A Escolha Perfeita 3“), uma garota que está prestes a fazer 18 anos e tentando achar o seu lugar no mundo, quando ela encontra o Autobot Bumblebee, quebrado e ferido em um terreno baldio em uma pequena cidade litorânea na Califórnia. Com direção de Travis Knight (“Kubo e as Cordas Mágicas”), o filme estreia no dia 20 de dezembro no Brasil.

“Collete”: O filme conta a história real de Sidonie-Gabrielle Colette (Keira Knightley, de “Beleza Oculta”). Colette vira escritora-fantasma do marido Willy (Dominic West, de “Tomb Raider: A Origem“) mas, após o sucesso das obras, o relacionamento dos dois começa a ficar conturbado, e a luta da escritora pelo reconhecimento de suas obras começa. Wash Westmoreland (“Para Sempre Alice”) é responsável pela direção e pelo roteiro do filme, que ainda não tem data para chegar ao Brasil.

A Freira”: Spin-off da franquia “Invocação do Mal”, o filme acompanha a investigação de um suicídio, cometido por uma jovem freira. Um padre (Demián Bichir, de “Os Oito Odiados“) com um passado assombrado e uma noviça (Taissa Farmiga, da série “American Horror Story”) prestes a fazer seus votos finais ficam responsáveis pelo cado e, juntos, eles desvendam o segredo profano da ordem, arriscando não só suas vidas, mas também sua fé e suas almas. Com direção de Corin Hardy (“A Maldição da Floresta“), o filme estreia no dia 6 de setembro no Brasil.

“O Grinch”: Baseada no conto infantil de 1957 do escritor Dr. Seuss, a animação conta a história de Grinch, um ser verde e mesquinho que odeia o Natal e faz de tudo para, todos os anos, acabar com a alegria e com as comemorações dos habitantes de Quemlândia. O personagem é dublado no áudio original por Benedict Cumberbatch (“Vingadores: Guerra Infinita”), e no Brasil por Lázaro Ramos (“Ó Pai, Ó”). Pete Candeland e Yarrow Cheney (“Pets – A Vida Secreta dos Bichos”) são os responsáveis pela direção da animação, que estreia dia 8 de novembro no Brasil.

“Halloween”: O novo filme da franquia de John Carpenter (“Aterorizada”), iniciada em 1978, é uma continuação direta do original, ignorando todos os eventos ocorridos após o primeiro longa. O décimo filme da franquia irá mostrar o confronto final entre Laurie (Jamie Lee Curtis, de “Sexta-Feira Muito Louca) e o mascarado Michael Myers, que a persegue desde que ela escapou da morte em uma noite de assassinatos, quatro décadas atrás. Com direção de David Gordon Green (“O Que te Faz Mais Forte“), o filme estreia no dia 25 de outubro no Brasil.

“The Hate U Give”: Baseado no livro homônimo da escritora Angela Thomas, o filme conta a história de Starr (Amandla Stenberg, de “Tudo e Todas as Coisas”), uma garota que cresceu na pobreza, mas agora tem a oportunidade de estudar em uma escola que irá prepará-la para a universidade. Após testemunhar um policial atirar em sua melhor amiga desarmada, Starr se vê no meio de dois mundos bem distintos, à medida que tenta falar a verdade sobre o que aconteceu. O longa é dirigido por George Tillman Jr. (“Uma Longa Jornada”) e e ainda não tem data para chegar ao Brasil.

“O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos”: Baseado no romance de E.T.A. Hoffmann e no balé de Tchaikovsky, a trama acompanha Clara (Mackenzie Foy, de “Interestelar”), em sua busca da chave que abre a caixa deixada por sua falecida mãe.  Ela acaba em um mundo misterioso, onde conhece o soldado Phillip e a Fada Açucarada (Keira Knightley, de “Beleza Oculta”). Unidos, eles precisam lutar contra uma tirana para recuperar a chave e restabelecer a harmonia. O filme foi dirigido por Lasse Hallström (“Querido John”) e Joe Johnston (“Capitão América: O Primeiro Vingador”). A estreia está marcada para o dia dia 1º de novembro.

Mary Queen of Scots”: O longa conta a história real da rainha da Escócia, Maria I (Saoirse Ronan, de “Lady Bird: A Hora de Voar”), em suas tentativas de reivindicar o trono de Elizabeth I da Inglaterra (Margot Robbie, de “Eu, Tonya”) para si. Com direção de Josie Rourke (responsável por diversas peças de teatro, como “The Vote”), o filme está previsto para estrear no Brasil no dia 17 de janeiro de 2019.

“Robin Hood”: Mais nova adaptação da clássica história do arqueiro, o filme aborda o início da lenda, quando Robin (Taron Egerton, de “Kingsman: O Círculo Dourado”) volta das Cruzadas e se surpreende em ver a Floresta de Sherwood repleta de criminosos e poderosos corruptos. Assim, ele resolve agir como um fora da lei que rouba dos ricos, para dar aos mais pobres. Com direção de Otto Bathurst (da série “Peaky Blinders“), o filme chega aos cinemas brasileiros no dia 22 de novembro.

“O Mistério do Relógio na Parede”: Baseado no livro homônimo do escritor John Bellairs, o filme conta a história de Lewis (Owen Vaccaro, de “Pai em Dose Dupla 2”), um garoto de dez anos que vai morar com seu tio (Jack Black, de “Jumanji: Bem-vindo à Selva“) em um velho casarão. Mas essa calma estrutura logo cria vida com um mundo secreto de warlocks e bruxas, após Lewis acidentalmente acordar os mortos. Com direção de Eli Roth (“O Albergue”), o filme ainda não tem data para chegar ao Brasil.

“Bem-Vindos a Marwen”: O longa é baseado na história real de Mark Hogancamp (Steve Carell, de “A Guerra dos Sexos”), que foi brutalmente espancado por membros de um grupo neo-nazista e, com isso, teve sequelas cerebrais. A salvação dele, então, é a forma com que desenvolve sua terapia própria, a construção de um mundo de brinquedos em seu próprio quintal. O filme, dirigido por Robert Zemeckis (“De Volta para o Futuro”), mistura animação e live-action, e ainda não tem data para chegar ao Brasil.

Bad Times at the El Royale”: O filme se passa na década de 1960, e coloca em conflito os interesses misteriosos de vários personagens, que se encontram em um hotel chamado El Royale, localizado próximo ao lago Tahoe, na Califórnia. Eles estão sendo vigiados, mas não sabem o motivo ou por quem. O elenco conta com nomes como Chris Hemsworth (“Vingadores: Guerra Infinita“), Jon Hamm (“Em Ritmo de Fuga“). Com direção de Drew Goddard (“O Segredo da Cabana“), o filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *