A produtora Popcorn Filmes, de Tatiana Quintella, fundada em junho do ano passado, está em fase de montagem de seu primeiro longa, “EAS – Esquadrão Antissequestro”, realizado em parceria com Dartagnãn Filmes.

A história se passa durante a Copa do Mundo de 2014, quando a filha de um jogador de futebol famoso é sequestrada. Murilo Rosa (na foto) é o protagonista do thriller policial, ao lado de Humberto Martins e Carol Castro.

O lançamento está previsto para o segundo semestre do ano.

A partir de 28 de março, Sylvester Stallone volta às telas do cinema com um personagem consagrado: Rocky Balboa, do filme Rocky, um Lutador (1977). Escrito e estrelado por Stallone, o longa – vencedor de três Oscars incluindo o de melhor filme – abre a 6ª temporada dos Clássicos Cinemark, que reúne mais cinco sucessos de bilheteria do cinema mundial: O Exorcista (1974), um clássico do gênero de terror; Mary Poppins (1964), do aclamado estúdio Walt Disney; Um Corpo que Cai (1958), dirigido por Alfred Hitchcock; Perfume de Mulher (1992), premiado com o Oscar de melhor ator pela atuação de Al Pacino; e De Volta para o Futuro 2 (1989), um sucesso do gênero de ficção científica.

A programação da nova temporada se estende até 6 de maio. Cada filme será apresentado três vezes ao longo de uma semana, nas cidades de Aracaju, Barueri, Belo Horizonte, Betim, Brasília, Campinas, Campo Grande, Canoas, Cotia, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Jacareí, Londrina, Manaus, Natal, Niterói, Palmas, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São José dos Campos, Taubaté, Uberlândia e Vitória.

Os ingressos podem ser adquiridos no site da Rede (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria dos cinemas participantes na semana de exibição de cada filme. Clientes Cinemark Mania têm 50% de desconto no valor do ingresso. Os ingressos têm valor fixo de R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia).

Estão abertas, até o dia 11 de maio, as inscrições para o Edital de Coprodução Brasil-Argentina 2015, promovido pela ANCINE em parceria com o INCAA – Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales, do país vizinho. O concurso binacional prevê investimento equivalente a um milhão de dólares em quatro projetos de longa-metragem, cujas filmagens ainda não tenham sido iniciadas até a data de abertura das inscrições. Podem concorrer projetos de ficção, documentário ou animação.

No edital lançado pela ANCINE no Brasil, concorrem os projetos apresentados por produtoras brasileiras que participem na condição de coprodutoras minoritárias. Os projetos com participação majoritária brasileira devem ser apresentados pelos parceiros argentinos ao edital lançado pelo INCAA na Argentina. Cada projeto selecionado receberá, em moeda local, recursos no valor correspondente a 250 mil dólares.

Os interessados devem encaminhar os projetos em envelope lacrado, por portador ou serviço de encomenda expressa, para o endereço do Escritório Central da ANCINE no Rio de Janeiro. O regulamento do concurso, o formulário e a documentação necessária para a inscrição podem ser consultados aqui.

A ANCINE vem realizando editais de coprodução com a Argentina anualmente desde 2011. Desde a primeira edição, 15 projetos já foram contemplados nos dois países. Entre os ganhadores de edições anteriores estão os filmes “El Ardor”, de Pablo Fendrik, parceria entre a produtora brasileira Bananeira Filmes e a argentina Magma Cine, que fez parte da programação oficial do Festival de Cannes 2014; e “A Oeste do Fim do Mundo”, de Paulo Nascimento, produção da argentina Bufo Films e da brasileira Panda Filmes, vencedora dos prêmios de melhor longa-metragem e melhor atriz para Fernanda Moro, no BRAFFTV – Festival de Cinema Brasileiro em Toronto, no Canadá, em 2013.

No último dia 19, a ANCINE anunciou um pacote de ações de incentivo à realização de coproduções internacionais. Por meio de quatro editais binacionais e de uma nova linha do Programa Brasil de Todas as Telas, a Agência fará investimentos no desenvolvimento e na produção de longas-metragens em parceria com 19 países da América Latina.

As inscrições para o concurso bilateral com a Itália, que disponibiliza um total de 160 mil euros para o apoio ao desenvolvimento de seis projetos de longa-metragem com potencial de coprodução, já estão abertas. Nas próximas duas semanas, a ANCINE publicará o regulamento dos concursos em parceria com Portugal e Uruguai. Já a Chamada Pública PRODECINE 06 –  Coprodução América Latina, do Programa Brasil de Todas as Telas, que investirá R$ 5 milhões em projetos de ficção, animação e documentário, deve entrar em operação no mês de maio.

Nesta sexta-feira, 27 de março, o Curso de Cinema do Centro Europeu vai apresentar uma Master Class especial que terá como tema ”Fazendo documentários para TV: onde aguarda o inesperado e outras questões úteis para o cineasta iniciante”. O evento será comandado pelo premiado documentarista espanhol José Angel Montiel, que irá abordar as oportunidades do mercado de conteúdos para TV, um dos segmentos que mais cresce dentro da área audiovisual.

José Angel é diretor, roteirista e produtor executivo, responsável por mais de 50 horas de programação de canais como Discovery Channel, NatGeo e Sony. O profissional já filmou em mais de 15 países de 4 continentes. Como roteirista, tem experiência em longas-metragens e séries de ficção no México e no Brasil, onde trabalhou com a renomada produtora Conspiração, do Rio de Janeiro.

Durante a Master Class no Centro Europeu, o documentarista vai abordar diversos assuntos fundamentais para o desenvolvimento de um documentário, entre eles, as habilidades necessárias para a escolha de temas; a necessidade do documentarista desenvolver uma voz própria; como encaixar relatos em uma realidade em crise; e as fronteiras éticas da profissão.

A Master Class será realizada na nova sede do Centro Europeu, localizada no Shopping Crystal (Rua Comendador Araújo, 731 – Piso L4), a partir das 10h. A inscrição é gratuita. Mais informações pelos telefones (41) 3026-6669 e (41) 3233-6669 ou no site www.centroeuropeu.com.br.

O Programa Cinema do Brasil, que desenvolve ações para estimular a participação do cinema brasileiro no exterior em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), promoverá, de 7 a 9 de abril, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, um workshop sobre pitching (o momento em que o produtor convence o investidor a participar de seu projeto).

O curso será ministrado pelo produtor e diretor sul-africano Stefano Tealdi. A palestra de abertura, em 7 de abril, a partir das 10h, tem entrada franca e é aberta a todos os interessados. Nos demais horários, o evento é exclusivo para associados do Programa.

Natural de Johannesburgo, Tealdi tem dado cursos sobre pitching nas áreas de ficção e documentário para organizações como Biennale Cinema College, Cannes Film Market, Dubai Film Connection, Films de 3 Continents – Produire au Sud, Media Business School, Med Film Factory, Scuola Holden, TFL (Torino Film Lab) e ZELIG Film School. Além dele, o workshop contará com a participação de Marika Kozlovska, consultora internacional do Programa Cinema do Brasil, que falará sobre oportunidades para profissionais do cinema brasileiro no mercado estrangeiro, especialmente no Marché Du Film, que acontece em paralelo ao Festival de Cannes, em maio.

O evento será realizado em inglês, sem tradução simultânea. Os interessados em participar da palestra de abertura devem confirmar participação até o dia 27 de março pelo email marcia@cinemadobrasil.org.br, informando nome e contato (celular e email) e a razão do interesse em participar. A participação está sujeita à lotação da sala.