O filme “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça” e um documentário que ataca Hillary Clinton empataram no Framboesa de Ouro 2017, a paródia do Oscar, que premia o pior do cinema americano, uma noite antes da grande festa da indústria americana.

Cada produção venceu em quatro categorias da premiação, sendo que o documentário anti-Clinton “Hillary’s America: The Secret History of the Democratic Party” levou o prêmio de Pior Filme.

Dinesh D’Souza recebeu dois prêmios, de Pior Ator e Pior Diretor por “Hillary’s America: The Secret History of the Democratic Party”, que recebeu nota 1,7 de um total de 10 nas críticas do site Rotten Tomatoes.

Rebekah Turner (“As Últimas Palavras de Johnny Frank Garrett”) foi considerada a Pior Atriz por sua interpretação da candidata democrata Clinton, enquanto Kristen Wiig (“Caça-Fantasmas”) venceu entre as coadjuvantes por “Zoolander 2”.

Jesse Eisenberg (“Café Society”) levou o prêmio de Pior Ator Coadjuvante por sua interpretação de Lex Luthor, bombardeadas pelos críticos, no drama dos super-heróis da DC Comics. O fracasso de crítica para “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça” também triunfou nas categorias Pior Combo, com Ben Affleck (“O Contador”) e Henry Cavill (“O Agente da U.N.C.L.E.”) como Pior Dupla. O longa também recebeu o Pior Roteiro e a Pior Sequência.

O Framboesa de Ouro foi criado em 1980 como uma resposta à temporada anual de prêmios do cinema, repleta de estrelas e tapinhas nas costas em Hollywood. Os indicados raramente comparecem à cerimônia, que normalmente acontecem em espaços reduzidos de Los Angeles. Em 2017, não houve sequer uma cerimônia. Sandra Bullock compareceu em 2010 para perceber o prêmio de pior atriz por “Maluca Paixão”, um dia antes de vencer o Oscar por seu papel em “Um Sonho Possível”.

Apesar do empate na premiação, na bilheteria os dois vencedores não poderiam estar mais distantes:“Hillary’s America: The Secret History of the Democratic Party” arrecadou apenas 13,1 milhões de dólares, enquanto “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça” ultrapassou 870 milhões de dólares.

Segundo uma comovente declaração do próprio ator Patrick Stewart, seu personagem, Professor Xavier, também deve se despedir em Logan”. A revelação foi concedida ao Entertainment Weekly. Confira:

“Há uma semana, sexta à noite em Berlin, nós três assistimos o filme [Patrick, James Mangold, Hugh Jackman]. E eu estava muito comovido com isso. Talvez fosse a companhia desses dois caras, mas o filme terminou e o Hugh Jackman pegou na minha mão nos últimos minutos e eu vi lágrimas escorrerem de seu rosto. Percebi que tinha acabado de fazer a mesma coisa. Então, o filme terminou, e depois dos créditos subirem fomos levados para o palco. E lá eu percebi que não havia maneira mais perfeita e emocionante para dizer adeus a Xavier. Então eu disse a Hugh naquela noite: Pra mim acabou, isso é tudo”

A trama do novo filme se passa no futuro, com um Logan mais velho e com suas habilidades e fator de cura mais fracos. “Logan” terá o Senhor Sinistro e Donald Pierce como vilões. Sinistro será interpretado por Richard E. Grant (“Drácula de Bram Stoker”), enquanto Pierce será interpretado por Boyd Holbrook (da série “Narcos”). O elenco conta também com Patrick Stewart (“X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido”), como o Professor Xavier.

“Logan” estreia dia 2 de março de 2017.

Logan” é o terceiro filme solo do Wolverine e o último de Hugh Jackman (“Voando Alto“) no papel. Com a estreia do filme tão próxima a Fox liberou um novo spot de TV adiantando que a batalha final do mutante será épica. Veja:

A conta no Instagram, wponx, que ao longo de todos os meses de produção foi liberando algumas fotos do filme, também divulgou uma nova imagem recentemente. Ela não revela muita coisa, mas pode significar que teremos respostas do que aconteceu com os mutantes no filme. Veja:

Extinction

A post shared by @wponx on Feb 28, 2017 at 8:15am PST

A trama do novo filme se passa no futuro, com um Logan mais velho e com suas habilidades e fator de cura mais fracos. O elenco do filme conta Hugh Jackman como Logan, Patrick Stewart (“X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido”) como Professor Xavier, Dafne Keen como Laura (X-23) e com Boyd Holbrook (da série “Narcos”) como o vilão Donald Pierce.

“Logan” estreia dia 2 de março de 2017.

O Independent Spirt Awards 2017, evento que premia anualmente os melhores filmes independentes (com orçamentos inferiores a 20 milhões de dólares), ocorreu no sábado (25) em Santa Mônica, Califórnia. Como destaque deste ano, tivemos o filme “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, do diretor Barry Jenkins. Confira os vencedores:

Melhor Filme
Moonlight:Sob a Luz do Luar

Melhor Diretor
Barry Jenkins, Moonlight:Sob a Luz do Luar

Melhor Atriz Principal
Isabelle Huppert, Elle

Melhor Ator Principal
Casey Affleck, Manchester à Beira-Mar

Melhor Atriz Coadjuvante
Molly Shannon, Other People

Melhor Ator Coadjuvante
Ben Foster,  A qualquer Custo

Melhor Roteiro
Moonlight:Sob a Luz do Luar

A Netflix apresenta sua nova produção original chamada “Okja”, estrelada por Tilda Swinton (“Doutor Estranho”), Jake Gyllenhaal (“Animais Noturnos”) e pela estreante Seo-Hyeon Ahn. Na direção temos o sul-coreano Bong Joon Ho, que traz em sua bagagem o “Expresso do Amanhã” e “O Hospedeiro”.

Nas palavras do diretor, em uma entrevista para o THR, o filme vai abordar os dois lados da relação entre homem e animal:

“Eu quero mostrar a beleza que existe na relação entre homem e animal, e também o horror entre eles”.

Aperte o play:

O longa conta a história de Mija, uma jovem garota que vive na Coreia do Sul junto com seu grande animal e amigo chamado Okja, uma espécie diferente de tudo o que você já viu. Mija vai se arriscar e fazer de tudo para proteger seu animal quando uma empresa multinacional decide raptá-lo.

O elenco também conta com Paul Dano (“Um Cadáver para Sobreviver”), Giancarlo Esposito (“Mogli: O Menino Lobo”), Steven Yeun (da série “The Walking Dead”) e Lily Collins (“Rules Don’t Apply”)

“Okja” estreia na Netflix dia 28 de junho de 2017.