‘Beautiful Ruins’: Diretora de ‘Mulan’ vai comandar nova sátira romântica hollywoodiana

Segundo o ColliderNiki Caro, conhecida por comandar o remake em live-action de Mulan, vai dirigir um novo projeto intitulado Beautiful Ruins para a Amblin Partners e a Neal Street, produtoras supervisionadas por Sam MendesSteven Spielberg.

O filme é baseado no romance homônimo de Jess Walter e será adaptado pelos roteiristas Mark HammerChiara AtikMicah Fitzerman-BlueNoah Harpster escreveram o primeiro rascunho da narrativa.

Descrito como um romântica sátira social sobre a cultura hollywoodiana, o livro é ambientado em um vilarejo litorâneo na Itália em 1962, onde um jovem é dono de um hotel que há muito não recebe visitantes – isso, até a lendária atriz Elizabeth Taylor sair de suas gravações para o filme ‘Cleópatra’ e chegar lá para roubar seu coração. Cinco décadas mais tarde, uma assistente de um outrora poderoso produtor se apaixona pela história e decide dar um final feliz para o conto.

Ainda não se sabe quando as filmagens começam.

Enquanto isso, Mulan foi adiado mais uma vez em virtude da pandemia do coronavírus e deve chegar aos cinemas norte-americanos em 21 de agosto. No Brasil, o longa deve chegar um dia antes.

Por meio de um comunicado oficial, o executivo e Chefe do Gabinete Criativo da Walt Disney Studios, Alan Horn, reiterou a importância de lançar o remake nos cinemas, considerando também toda a flexibilização necessária em meio ao novo contexto mundial.

“Embora a pandemia tenha mudado nossos planos de lançamento para Mulan e nós continuaremos a ser flexíveis conforme as condições assim nos exigirem, nossa crença no poder deste filme e em sua mensagem de esperança e perseverança ainda não mudou. A diretora Niki Caro, nosso elenco e equipe apoio criaram um belo filme, épico e comovente, que é tudo o que a experiência cinematográfica deve ser e é ali que acreditamos que o filme pertence: No palco do mundo e nas telonas, para o público ao redor do globo desfrutar junto”.

Aproveite para assistir:

Em uma recente entrevista para o Digital Spy, a diretora Nikki Caro revelou alguns detalhes sobre o aguardado longa-metragem e explicou a decisão de tirar as sequências musicais de sua versão, dizendo que “ninguém canta na guerra”!

“Eu pensei nessa adaptação do ponto de vista mais realista, e quem é que canta no meio da guerra? Os personagens estão em guerra, entre espadas e flechas…”, disse ela. “Não sou contra a animação, não é isso, mas são aspectos diferentes. As músicas são brilhantes e vamos honrá-las de uma maneira muito significativa. Mas eu me concentrei no drama de uma menina que está enfrentando uma guerra como um soldado.”

Por falar em realismo, Caro aproveitou par esclarecer porque não incluiu o dragão Mushu na adaptação.

“Mushu faz sentido na animação… Mas nesta versão há um representante da criatura, meio que uma representação espiritual dos ancestrais de Mulan, o que reforça o relacionamento dela com o pai. Foi assim que representamos a ideia de Mushu no live action.”

A versão live-action é dirigida por Niki Caro, e é estrelada pela chinesa Liu Yifei, também conhecida como Crystal Liu, uma das atrizes mais populares desta geração no país.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *