Alan Parker, de O Expresso da Meia-Noite e Evita, morre aos 76 anos

Um dos maiores cineastas do século XX, o britânico sir Alan Parker morreu nesta sexta-feira (31), aos 76 anos de idade, vítima de uma longa doença. A informação foi dada pelo British Film Institute (via Deadline).

A carreira de Parker é repleta de filmes de sucesso entre as décadas de 1970 e 1990, como “Bugsy Malone: Quando as Metralhadoras Cospem“, “O Expresso da Meia-Noite” e “Mississippi em Chamas“. Ele também era conhecido por seu talento ao lidar com filmes de grande expressão musical, como “The Wall“, junto à banda Pink Floyd, e “Evita“, no qual a cantora Madonna interpretou a ex-líder argentina Eva Perón. Ao todo, seu filmes acumularam 19 BAFTAs, 10 Globos de Ouro e 10 Oscars.

Parker também teve forte atuação na indústria cinematográfica do Reino Unido, sendo membro fundador do Sindicato dos Diretores do país, presidente do British Film Institute e presidente do UK Film Council. Em 2002, ele foi ordenado cavaleiro do Império Britânico pela Rainha Elizabeth II por seus serviços prestados ao cinema britânico.

Alan Parker deixa sua esposa, Lisa Moran-Parker, seus cinco filhos e sete netos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *