Não Olhe’ é um filme que parece um TCC bem resolvido do diretor Assaf Bernstein (‘A Grande Mentira’). Recheado de clichês cansativos e atuações tão empolgantes quanto um picolé de chuchu, o longa promete ser uma das produções de terror da semana, mas o sangue só rola apenas nos minutos finais.

Maria (India Eisley) é a típica adolescente norte-americana desajustada na sociedade: tem uma melhor amiga Barbie-linda (Lily, interpretada por Penelope Mitchell), sofre bullying na escola e tem um crush no namorado da melhor amiga (Sean, interpretado por Harrison Gilbertson). Seus pais (Mira Sorvino e Jason Isaacs – como foram parar nesse projeto?) não a ouvem, deixando a garota meio solta, seja porque a mãe, Amy, não consegue entendê-la como adolescente, seja porque o pai controlador, Dan – que é também cirurgião plástico e tem uma preocupação excessiva com a estética –, exige dela uma postura de mocinha vencedora, e não de uma garota perdedora rejeitada pelos coleguinhas.

O resultado dessa combinação é uma menina que anda encolhida, sequer levanta a cabeça, cuja câmera filma de baixo pra cima para reforçar a ideia de coitada oprimida. Até o dia em que, do nada – e é do nada mesmo, não há um gatilho que justifique essa mudança – Maria se olha no espelho e seu reflexo, em vez de olhar de volta, simplesmente começa a falar com ela. O que de início é um estranhamento, logo se torna o único meio de confissão da adolescente reprimida, ao ponto do reflexo – Airam, que é Maria ao contrário – oferecer trocar de lugar com ela, afinal, a aparência é sempre melhor do que como realmente nos sentimos por dentro.

Enquanto terror, o filme deixa muuuuito a desejar, concentrando-se nos últimos quinze minutos – e todos eles são de uma violência tão gratuita e sem justificativa, que até mesmo os fãs do gênero terão dificuldades para aceitar. Enquanto thriller, ‘Não Olhe’ é, na verdade, um prato cheio para os psicólogos, com todo tipo de drama individual para ser analisado: os pecados capitais, desejos suprimidos, inclinações para incesto, os arquétipos etc. . Sem contar as cenas eróticas e de nudez que são completamente fora do lugar na trama. Parecem mesmo que foram encaixadas no enredo apenas para deixar satisfeito o público adolescente.

Enquanto proposta, o diretor Assaf Bernstein pareceu querer abraçar várias camadas, porém, ficou no raso em todas elas, sem conseguir se aprofundar em nenhuma das temáticas. Enquanto projeto, o filme está ali, bem feitinho, seguindo o manual, tal como ensinam no final da faculdade. Porém, como diz bem o título, ‘Não Olhe’, então, é melhor não olhar mesmo.


Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c

O trailer 2 de X-Men: Fênix Negra chegou à internet e deixou muitos fãs ansiosos. Seguindo nosso costume, analisamos os principais momentos do material e separamos os mais relevantes. Como já vimos parte do filme, há um pequeno spoiler no texto, mas não se preocupem, botamos um aviso antes. Voltando ao filme, Simon Kinberg vai tentar adaptar a saga da Fênix Negra para os cinemas. Será que agora vai? Confiram nossa análise!

Vozes na Cabeça

O trailer começa com Jean Grey (Sophie Turner) lamentando ter feito algo ruim. Ela conversa com uma voz em sua cabeça e se mostra muito contrariada e arrependida em ter feito esse algo. Tudo indica que ela matou alguém que era sua amiga, uma X-Men.

Tchau, J-Law

Logo em seguida, vemos a Mística (Jennifer Lawrence) tentando acalmar Jean no meio de uma rua. Não dá certo e ela é lançada longe. Para mim, a Mística será a grande morte do filme. Não só porque a atriz já se disse cansada do papel, mas também porque ela é um personagem non-grato entre os fãs.

 

❗❗❗ ALERTA DE SPOILER ❗❗❗

 

Missão Espacial

Nós já vimos essa sequência inteira e podemos afirmar que é incrível! É um resgate feito pelos X-Men no espaço. Ocorre um acidente e eles saem de órbita para salvar os astronautas. É visualmente muito interessante e explora bem os poderes da equipe em uma situação adversa.

 

❌❌❌ FIM DE SPOILER ❌❌❌

 

Primeiro Encontro

Vemos aqui a Força Fênix entrar em contato com Jean pela primeira vez. Nota-se uma clara referência aos quadrinhos ao perceber que o fogo começa a tomar a forma de uma Fênix. É um momento tenso e muito importante para a trama.

Último Encontro

Em seguida, o trailer nos apresenta um enterro. Nele, vemos Charles Xavier (James McCavoy), Magneto (Michael Fassbender) e o Fera (Nicholas Hoult). Se formos buscar lá em X-Men: Primeira Classe (2011) percebemos que esses são três personagens centrais no desenvolvimento da Mística da nova trilogia. Mais um indício de que a azulzinha vai bater as X-Botas.

Sem Vida Fácil

Ao longo do trailer, vemos diversos X-Men passando por cenas de dor e sofrimento. Essa em especial é bem pesada, pois parece que o todo poderoso Magneto está penando nas mãos da Fênix Negra.

A Voz na Cabeça

Jessica Chastain aparece como sua personagem ainda sem nome. Ela vai guiar e manipular Jean em sua jornada rumo à vilania. Apesar de ser desconhecida, a personagem da senhorita Chastain se mostra cada vez mais parecida com a própria Força Fênix. Uma representação em forma humana da Entidade.

A Culpa É do Careca

Xavier e Fera conversam sobre como trazer Jean de volta, até que o cadeirante é acusado de ser o culpado pela situação. Xavier tenta se defender dizendo que está tentando protege-la. Essa é uma questão chave nos quadrinhos. O que o Professor Xavier chama de proteção está muito mais próximo de controle do que auxílio. A negligência dele é parte fundamental para que a Fênix chegue até ela.

Vamos matá-la!

Magneto revela seu plano para detê-la. Vai dar certo? Provavelmente não.

Coleiras Anti-Mutantes

Como visto em Deadpool 2, as Coleiras inibem os poderes mutantes. Para tanto os X-Men quanto a Irmandade estarem presos num caminhão é porque a Fênix aprontou em público. Alguma demonstração de seus poderes causou um desastre, afetando os humanos “normais”. Isso vai manchar ainda mais a reputação dos Mutantes.

A Fênix está entre nós!

O trailer termina com a Fênix estraçalhando o trem no qual seus amigos estão. Não sabemos quem está no controle do corpo mutante, se é a Fênix ou Jean. O importante é que ela destrói um trem em movimento como se fosse um tubo de papelão.

 

Ansiosos?

X-Men: Fênix Negra estreia em 6 de Junho de 2019


Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c