Estão abertas, até o dia 17 de agosto, as inscrições para a Masterclass II do Programa Internacional de Capacitação Rio de Janeiro (PIC Rio de Janeiro), uma iniciativa do Brazilian TV Producers (BTVP) – programa internacional da ABPITV em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A masterclass terá foco em coprodução internacional e acontecerá no dia 24 de agosto, das 14h às 18h, no CRAB (Praça Tiradentes 71, Rio de Janeiro). Será ministrada por dois consultores internacionais do Módulo II, com presença confirmada do alemão Georg Tschurtschenthaler (Gebrueder Beetz). Serão 55 vagas para participantes de todo o país e será permitida somente a participação de um representante por empresa, respeitando a ordem de inscrição. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo formulário.

Com o patrocínio da RioFilme, apoio do Sebrae e parceria da Embaixada da França no Brasil e do Sindicato da Indústria Audiovisual do Rio de Janeiro (Sicav), o PIC Rio de Janeiro está dividido em três módulos. Cada um deles é inaugurado com uma masterclass gratuita, em que profissionais do mercado internacional compartilham suas experiências, seguida de dois dias de workshops.

Na primeira fase, os participantes aprenderam a desenvolver projetos para exportação, nesta segunda, verão como negociar coproduções internacionais. Na terceira etapa, prevista para novembro, o foco será no agenciamento e distribuição internacionais. Os módulos combinam sessões com profissionais brasileiros que atuam no mercado internacional, consultores estrangeiros e executivos de empresas sediadas no exterior.

A masterclass do módulo I contou com a presença dos consultores internacionais François Lhomme, diretor regional de vendas para América Latina, Espanha e Portugal da Mediamétrie/ Eurodata TV Worldwilde – empresa especializada em produzir relatórios de audiência e tendências para o mercado internacional – e Heidi Fleisher, americana residente na França e diretora de vendas e aquisições internacionais do Arte Sales, braço de distribuição do canal franco-alemão Arte.

A programação do módulo II abordará os temas legislação brasileira, acordos internacionais, fontes de financiamento nacionais e internacionais, fundos editais e programas de fomento, divisão de receita/ envio de remessas (dia a dia operacional de uma coprodução internacional) e apresentação de casos com e sem acordo bilateral.

Estão abertas, até o dia 17 de agosto, as inscrições para a Masterclass II do Programa Internacional de Capacitação Rio de Janeiro (PIC Rio de Janeiro), uma iniciativa do Brazilian TV Producers (BTVP) – programa internacional da ABPITV em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A masterclass terá foco em coprodução internacional e acontecerá no dia 24 de agosto, das 14h às 18h, no CRAB (Praça Tiradentes 71, Rio de Janeiro). Será ministrada por dois consultores internacionais do Módulo II, com presença confirmada do alemão Georg Tschurtschenthaler (Gebrueder Beetz). Serão 55 vagas para participantes de todo o país e será permitida somente a participação de um representante por empresa, respeitando a ordem de inscrição. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo formulário.

Com o patrocínio da RioFilme, apoio do Sebrae e parceria da Embaixada da França no Brasil e do Sindicato da Indústria Audiovisual do Rio de Janeiro (Sicav), o PIC Rio de Janeiro está dividido em três módulos. Cada um deles é inaugurado com uma masterclass gratuita, em que profissionais do mercado internacional compartilham suas experiências, seguida de dois dias de workshops.

Na primeira fase, os participantes aprenderam a desenvolver projetos para exportação, nesta segunda, verão como negociar coproduções internacionais. Na terceira etapa, prevista para novembro, o foco será no agenciamento e distribuição internacionais. Os módulos combinam sessões com profissionais brasileiros que atuam no mercado internacional, consultores estrangeiros e executivos de empresas sediadas no exterior.

A masterclass do módulo I contou com a presença dos consultores internacionais François Lhomme, diretor regional de vendas para América Latina, Espanha e Portugal da Mediamétrie/ Eurodata TV Worldwilde – empresa especializada em produzir relatórios de audiência e tendências para o mercado internacional – e Heidi Fleisher, americana residente na França e diretora de vendas e aquisições internacionais do Arte Sales, braço de distribuição do canal franco-alemão Arte.

A programação do módulo II abordará os temas legislação brasileira, acordos internacionais, fontes de financiamento nacionais e internacionais, fundos editais e programas de fomento, divisão de receita/ envio de remessas (dia a dia operacional de uma coprodução internacional) e apresentação de casos com e sem acordo bilateral.

Cecilia Roth participará do Festival de Cinema de Gramado para fazer história. Com mais de 40 filmes no currículo, a atriz argentina será a primeira mulher a receber o troféu Kikito de Cristal, homenagem do evento serrano entregue a personalidades do cinema latino-americano. De “No Toquen a La Nena”, seu primeiro trabalho no cinema em 1976, ao seriado “Supermax”, primeira produção original da Rede Globo para o mercado internacional dirigida por Daniel Burman, Roth escreveu seu nome em importantes filmes de língua latina.

É impossível rememorar a carreira da argentina sem falar de um de seus mais célebres amigos e parceiros: o cineasta Pedro Almodóvar. Cecilia acompanhou o espanhol desde sua estreia atrás das câmeras com “Pepi, Luci, Bom e Outras Garotas de Montão”, passando por “Maus Hábitos” e “Labirinto de Paixões”, mas foi o papel de Manuela em “Tudo sobre Minha Mãe” (Oscar de melhor filme estrangeiro em 2000) que reafirmou o talento de Cecilia internacionalmente e a eternizou como uma das mais emblemáticas “chicas de Almodóvar”.

Vencedora de dois prêmios Goya, Cecilia Roth também foi uma das convidadas pelo Oscar em 2016 a integrar o corpo de votantes de Academia. Finalizando o longa “Migas de Pan”, com estreia prevista ainda para este ano, a argentina reservou espaço em sua agenda para vir à Serra Gaúcha receber o tributo do Festival de Cinema de Gramado aos expoentes do cinema latino-americano, completando o time de homenageados desta edição que já conta com Sonia Braga e Tony Ramos. A 44ª edição do festival acontece de 26 de agosto a 3 de setembro.

Cecilia Roth participará do Festival de Cinema de Gramado para fazer história. Com mais de 40 filmes no currículo, a atriz argentina será a primeira mulher a receber o troféu Kikito de Cristal, homenagem do evento serrano entregue a personalidades do cinema latino-americano. De “No Toquen a La Nena”, seu primeiro trabalho no cinema em 1976, ao seriado “Supermax”, primeira produção original da Rede Globo para o mercado internacional dirigida por Daniel Burman, Roth escreveu seu nome em importantes filmes de língua latina.

É impossível rememorar a carreira da argentina sem falar de um de seus mais célebres amigos e parceiros: o cineasta Pedro Almodóvar. Cecilia acompanhou o espanhol desde sua estreia atrás das câmeras com “Pepi, Luci, Bom e Outras Garotas de Montão”, passando por “Maus Hábitos” e “Labirinto de Paixões”, mas foi o papel de Manuela em “Tudo sobre Minha Mãe” (Oscar de melhor filme estrangeiro em 2000) que reafirmou o talento de Cecilia internacionalmente e a eternizou como uma das mais emblemáticas “chicas de Almodóvar”.

Vencedora de dois prêmios Goya, Cecilia Roth também foi uma das convidadas pelo Oscar em 2016 a integrar o corpo de votantes de Academia. Finalizando o longa “Migas de Pan”, com estreia prevista ainda para este ano, a argentina reservou espaço em sua agenda para vir à Serra Gaúcha receber o tributo do Festival de Cinema de Gramado aos expoentes do cinema latino-americano, completando o time de homenageados desta edição que já conta com Sonia Braga e Tony Ramos. A 44ª edição do festival acontece de 26 de agosto a 3 de setembro.

Uma comissão composta por cinco especialistas foi responsável por escolher, dentre os 132 longas-metragens que se inscreveram, os nove selecionados para participar da Mostra Competitiva de Longa-Metragem do 49ª Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Os longas irão concorrer a prêmios no valor de R$ 250 mil. Todos os nove filmes são inéditos no Brasil e representam produções de sete diferentes Estados do país. 

O festival é presidido pelo Secretário de Cultura Guilherme Reis, com coordenação geral de Sérgio Fidalgo (Coordenador de Audiovisual), tendo Graça Coutinho como coordenadora adjunta. Além do curador, integram a comissão de organização do festival, o crítico e professor de cinema, Sérgio Moriconi e a professora de cinema da UnB, Tânia Montoro.

A Cidade Onde Envelheço, de Marilia Rocha, 99min, 2016, MG
Antes o Tempo Não Acabava, de Sérgio Andrade e Fábio Baldo, 85min, 2016, AM
Deserto, de Guilherme Weber, 100min, 2016, RJ
Elon Não Acredita na Morte, de Ricardo Alves Jr., 75min, 2016, MG
Malícia, de Jimi Figueiredo, 87min, 2016, DF
Martírio, de Vincent Carelli, em colaboração com Ernesto de Carvalho e Tita, 160min, 2016, PE
O Último Trago, de Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti, 98min, 2016, CE
Rifle, de Davi Pretto, 85min, 2016, RS
Vinte Anos, de Alice de Andrade, 80min, 2016, RJ