A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) anunciaram novos projetos contemplados em quatro chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as Telas com funcionamento em fluxo contínuo. A operação contempla quatro longas-metragens de ficção para as salas de cinema e uma proposta de programação com veiculação na TV por assinatura. O investimento total é de aproximadamente R$ 9,5 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Pela Chamada Pública PRODECINE 02/2013, na qual empresas distribuidoras inscrevem projetos de produção de longas-metragens, o Programa contemplou os projetos “Segundo Tempo”, de Rubens Rewald, apresentado pela Providence Distribuidora de Filmes; e “Amor Tamanho Família”, de Pedro Antonio, apresentado pela Downtown Filmes.

Pela Chamada PRODECINE 04/2013, o longa “O Filme da minha Vida”, novo trabalho do diretor Selton Mello, assegurou recursos para a complementação de seu orçamento.

Ainda no âmbito do cinema, outra chamada que divulgou investimentos foi a PRODECINE 06/2015, que investe em longas-metragens coproduzidos com países latino-americanos nos quais o Brasil seja parte minoritária. O projeto contemplado foi a coprodução com a Venezuela e o Panamá “Pessoas Humanas”, de Frank Spano, com participação brasileira da Panda Filmes.

O Programa anunciou ainda o investimento de R$ 3,6 milhões na proposta de programação apresentada pela Fish TV na Chamada Pública PRODAV 02/2013. Nesta linha, as empresas programadoras de televisão solicitam recursos para obras audiovisuais de produção independente pré-selecionadas em processos realizados por elas próprias. As programadoras são as proponentes, mas os investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas são contratados diretamente com as produtoras independentes, na modalidade participação em projeto.

Confira abaixo mais informações sobre os projetos contemplados:

PRODECINE 02/2013

“Segundo Tempo” – Longa-metragem de ficção
Produtora: Miração Filmes (SP)
Distribuidora: Providence Distribuidora de Filmes
Direção e Roteiro: Rubens Rewald
Valor investido pelo FSA: R$ 1,9 milhão
Sinopse: O filme mostra a trajetória de dois jovens irmãos gêmeos, Carol e André, em busca de suas raízes e da compreensão do lugar que ocupam no mundo.

“Amor Tamanho Família” – Longa-metragem de ficção
Produtora: Melodrama Produções (RJ)
Distribuidora: Downtown Filmes
Direção: Pedro Antonio
Roteiro: Regiana Antonini
Valor investido pelo FSA: R$ 3 milhões
Sinopse: Comédia cujo tema de fundo é a valorização da família e a busca pelo sucesso profissional em uma trama que envolve um reality show de culinária.

PRODECINE 04/2013

“O Filme da minha Vida” – Longa-metragem de ficção
Proponente: Bananeira Filmes
Distribuidora: Europa Filmes
Direção: Selton Mello
Roteiro: Selton Mello e Marcelo Vindicatto
Valor investido pelo FSA: R$ 768 mil
Sinopse: O jovem Tony (Johnny Massaro) decide retornar a Remanso, Serra Gaúcha, sua cidade natal. Ao chegar, ele descobre que Nicolas (Vincent Cassel), seu pai, voltou para França alegando sentir falta dos amigos e do país de origem. Tony acaba tornando-se professor, e vê-se em meio aos conflitos e inexperiências juvenis.

PRODECINE 06/2015

“Pessoas Humanas” – Longa-metragem de ficção
Produtora: Panda Filmes (RS)
Direção: Frank Spano
Roteiro: Frank Spano e Pedro Garcia Rios
Valor investido pelo FSA: R$ 250 mil
Sinopse: Coprodução com a Venezuela e o Panamá. Um criminoso chamado Nando retorna 30 anos depois a sua terra natal, Colômbia, com uma única coisa em mente: tirar um órgão de um ser humano e contrabandeá-lo de volta para os Estados Unidos. Nessa viagem, Nando revive histórias do seu passado violento, o que o faz pensar duas vezes sobre como resgatar seu futuro.

PRODAV 02/2013

Projeto: Proposta de Programação Novos Horizontes da Fish TV
Proponente: Fish TV
Valor investido pelo FSA: R$ 3,6 milhões
Projetos selecionados pela Fish TV  que receberão investimentos do FSA:
“A Vida nas Bacias Hidrográficas da Região Sudeste”, da Aventura Produções e Edições Educativas – série documental com 13 episódios de 26 minutos
“Guaíba, Onde as Águas se Encontram”, da Paralelo 30 Cinema e TV – série documental com 13 episódios de 26 minutos
“Mergulhando”, da Clip Produtora de Cinema e Vídeo – série documental com 13 episódios de 26 minutos
“Mar de Histórias”, da Mundo Filmes – série documental com 13 episódios de 26 minutos
“On the Rod”, da Cubo Filmes – série documental com 13 episódios de 26 minutos
“Tesouros do Tapajós”, da Olé Produções – série documental com 13 episódios de 26 minutos

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE abriram hoje, 29 de julho, as inscrições para a Chamada Pública PRODAV 03/2016, do Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 3. O edital vai investir R$ 14 milhões na estruturação de, no mínimo, 14 núcleos criativos para o desenvolvimento de carteiras de projetos. Esta é a quarta edição da linha, que faz parte do eixo do Programa Brasil de Todas as Telas que aposta no desenvolvimento de roteiros para cinema e televisão e novos formatos para TV.

As três edições anteriores realizaram investimentos em 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, resultando em pelo menos 345 projetos desenvolvidos.

As inscrições ficam abertas até o dia 15 de setembro. As propostas de núcleos, formados em torno de um líder, devem reunir criadores e roteiristas com o objetivo de desenvolver projetos de filmes, séries, programas e formatos de obras para o cinema, a televisão e o vídeo por demanda. As empresas proponentes devem preencher e finalizar a inscrição eletrônica no Sistema FSA (http://ancine.brde.com.br/ancine/login.asp) e anexar os documentos requisitados no regulamento do edital.

A avaliação das propostas levará em consideração o potencial criativo da carteira de projetos, a metodologia de trabalho do núcleo, o perfil e a trajetória do líder e dos integrantes da equipe e a capacidade de realização das propostas pelas empresas produtoras.

Foram promovidas alterações no regulamento em relação às edições anteriores, como a revisão da grade de critérios para seleção das propostas, com a atribuição de um peso maior ao histórico de projetos desenvolvidos pela empresa proponente. A avaliação da carteira de projetos passa a ser restrita a cinco projetos, a serem indicados pela proponente no caso da carteira incluir projetos adicionais. Também foram introduzidas regras para criar limites para a atuação de um mesmo profissional como líder em mais de um núcleo criativo: caso o profissional já esteja participando de outro núcleo em andamento, somente poderá integrar uma nova proposta caso fique comprovada a viabilização da produção de ao menos dois projetos da proposta anterior.

Há mudanças também nos critérios de indução regional que garantem que ao menos 30% do valor disponibilizado pelo edital seja destinado a propostas originárias das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e 10% a propostas de produtoras sediadas na região Sul e nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. A partir desta edição, passa a ser exigido que pelo menos 60% dos profissionais da equipe do núcleo tenham atuação local na região para que a proposta seja elegível a cumprir os critérios de regionalização. As regras exigem também que a empresa comprove estar sediada há pelo menos um ano em estado pertencente à região na qual cumprirá a cota.

Ainda em agosto, será lançada uma nova chamada pública que permitirá a renovação dos núcleos criativos já em funcionamento. Operando em regime de fluxo contínuo, a nova chamada vai ter como proponentes as empresas contratadas por editais anteriores da linha que comprovem a conclusão das propostas contempladas no prazo estabelecido e a viabilização da produção de pelo menos dois dos projetos desenvolvidos no ambiente do núcleo.

Clique aqui para ler a íntegra do edital da Chamada Pública PRODAV 03/2016.

Em cerimônia realizada na noite desta quarta-feira, 27/07, na tenda de projeções do Memorial da América Latina, foram anunciados os vencedores da 11ª edição do Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo.

Dirigido por Caio Soh e protagonizado por Nathalia Dill, Emílio Orciollo e Paula Burlamaqui, o longa-metragem “Por Trás do Céu” foi contemplado com o prêmio do público do evento. A obra foi filmada no interior da Paraíba, numa paisagem assolada pela pobreza. Nesse lugar, a vida brota diariamente a partir dos sonhos de Aparecida, mulher forte, simples e com grande fascinação pelo saber.

Já a competição Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect teve como premiada a produção mexicana “Aurélia e Pedro”, na qual mãe e filho vivem isolados e o garoto não consegue entender que lá fora exista um mundo totalmente indiferente à sua situação. O curta-metragem tem direção de José Permar e Omar Robles e já havia sido exibido no Festival de Berlim, dentro da seção Generation Kplus.

O júri da Mostra Escolas de Cinema Ciba-Cilect, composto pela cineasta Beatriz Seigner, pela atriz Débora Duboc e pela produtora cultural Patrícia Durães, outorgou ainda uma menção honrosa a “Polski”, realização cubana dirigida por Rubén Rojas Cuauhtemoc. No filme, um velho automóvel se transforma na possibilidade de um novo futuro – mas, no fim, o que se revela é um moneo de engrenagens que não funcionam.

Já o prêmio de coprodução foi para “A Última Terra” (Paraguai/Holanda/Chile/Qatar), de Pablo Lamar. O longa-metragem é passado em uma colina isolada, onde vive um casal de idosos. A obra já havia conquistado o prêmio especial do júri da competição principal do Festival de Roterdã e o prêmio  da  crítica  francesa no o Festival de Toulouse.

Com a cineasta paulista Anna Muylaert sendo a grande homenageada do ano, o Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo exibiu 118 títulos, representando 13 países da América Latina e do Caribe.

A HBO Latin America anunciou a expansão da sua produção original na América Latina com novos programas em desenvolvimento em diferentes países, incluindo Brasil, Argentina e México. No Brasil, a HBO produzirá uma nova série original de ficção: A Vida Secreta dos Casais, com trama criada por Bruna Lombardi e Kim Riccelli, que também assina a direção junto a Carlos Alberto Riccelli.

Uma obra de suspense, com toques de humor e sensualidade, A Vida Secreta dos Casais, será filmada em diferentes locações da cidade de São Paulo, a partir de setembro, e irá retratar o que está por trás das aparências nas relações interpessoais – sexuais, sociais e até mesmo políticas. O resultado envolve todas as camadas da sociedade, desde as relações pessoais mais íntimas até a inércia do poder corporativo.

A sexóloga e terapeuta Sofia, interpretada por Bruna Lombardi, tem uma carreira bem-sucedida e é dona de um instituto de terapias alternativas. Por causa de sua relação com um paciente, ela passa a ser investigada e terá que se proteger de uma série de ataques, tentando manter seus segredos enquanto luta para desvendar um grande mistério.

A Vida Secreta dos Casais, composta por 10 episódios de uma hora de duração, tem produção de Luis F. Peraza, Roberto Rios e Maria Angela de Jesus, da HBO Latin America Originais, e realização da produtora Coração da Selva.

A nova minissérie do canal de TV Prime Box Brazil, Quatro Milagres de um Santo Ladrão, estreia no dia 29 de julho, às 21h30. Inédita e exclusiva, a atração foi produzida pela Atama Filmes. A direção é assinada por Alan Mendonça Furtado e Felipe Iesbick.

Com uma atmosfera dramática e decadente, a minissérie mescla drama com humor e aventura. De quebra, provoca uma reflexão sobre a vida na contemporaneidade. Na trama, o protagonista Frederico Capone enfrenta seu destino com comicidade, mas, por trás dessa fachada, esconde sua dificuldade em lidar com a maturidade.

O roteiro de Quatro Milagres de um Santo Ladrão foi escrito por Alan Mendonça Furtado. Para criar a série, ele se inspirou no Livro de Jó, do Antigo Testamento, e na luta livre, mas também utilizou diversas outras referências.

Com o ator João França no papel principal, o elenco ainda conta com Rogério Beretta, Fernanda Carvalho Leite e Oscar Simch.

Depois da estreia, os novos episódios irão ao ar sempre nas sextas, às 21h30, nas principais operadoras do país, entre elas NET, Claro, Vivo, Algar e Sim TV.