Livro fundamental para quem se dedica ao estudo e à crítica do cinema, pois investigando a atividade cinematográfica à luz das conquistas da linguística e da semiologia, permite compreender a especificidade dos signos cinematográficos no universo da comunicação.

Trata-se de um estudo rigoroso – filosófico e científico ao mesmo tempo – que procura, por meio da análise semiológica, alcançar o sentido e a forma particular da relação entre cinema e realidade.

Sobre o autor: Christian Metz é autor também de Linguagem e Cinema (1980), também editado pela Editora Perspectiva.

A Significação no Cinema
Autor: Christian Metz
Tradução: Jean-Claude Bernardet
Editora: Perspectiva
Páginas: 296
Preço: R$ 45,00

Durante uma tarde no Brooklyn, o traficante de drogas Kenan Khoury recebe o telefonema de um desconhecido. Sua bela e jovem esposa foi sequestrada, e o resgate é de 1 milhão de dólares, o que rapidamente é negociado com os sequestradores. Horas depois, ele começa a vagar pelas ruas da região com seu irmão Peter, seguindo as instruções dadas pelos sequestradores e recebidas através de telefones públicos. Depois de deixar o dinheiro no local combinado, Kenan enfim recebe Francine de volta… Em pedaços.

Assombrado pelo crime monstruoso, ele decide procurar um detetive particular e, por acaso, Peter conhece o ex-policial Matt Scudder, com quem frequenta reuniões dos Alcoólicos. Matt, apesar de não ter nenhum apreço especial por traficantes, sabe que, para pessoas como Kenan, buscar ajuda policial não é uma opção. Então, mesmo que relutante, aceita o caso apesar das poucas pistas que possui.

Conforme o trabalho avança, Matt nota uma tenebrosa semelhança entre o sequestro e o assassinato de Francine com outros casos ocorridos em Nova York. Os sádicos e impiedosos algozes parecem estar agindo há anos e, para o assombro do detetive, se aprimorando. Assim, a investigação de Matt se torna uma corrida contra o tempo enquanto reúne as poucas informações que consegue para evitar que uma nova vítima seja feita.

Com estreia marcada para 4 de dezembro no Brasil, Caçada Mortal foi adaptado para os cinemas pelas mãos do diretor Scott Frank. Estrelado por Liam Neeson, o filme é um thriller contundente, repleto de mistério e violência. O livro homônimo, que deu origem à produção, escrito pelo autor best-seller do New York Times Lawrence Block, narra o envolvimento do detetive particular Matt Scudder com o assassinato brutal da jovem esposa de um traficante de drogas. O investigador é contratado para apurar as motivações do crime e localizar os responsáveis, mesmo sem ter nenhum apreço especial por traficantes. Conforme avança, ele descobre uma tenebrosa semelhança com outros casos ocorridos em Nova York. Assim, a investigação de Matt se torna uma corrida contra o tempo enquanto reúne as poucas informações que consegue para evitar uma nova vítima.

Sobre o autor: Lawrence Block nasceu nos Estados Unidos e morou durante décadas em Nova York, cenário da maioria das tramas de seus livros. Block foi nomeado Grande Mestre pela Mystery Writers of America e recebeu o Gumshoe Award pelo conjunto da obra.

Caçada Mortal
Autor: Lawrence Block
Tradução: Gustavo Mesquita
Editora: Record
Páginas: 368
Preço: R$ 40,00