A série ‘Hawaii Five-O‘ possui uma longa jornada nas telinhas, desde sua estreia original, em 1968. Sua nova versão resgata a mesma essência que fez da produção um sucesso com 12 temporadas – exibidas até o ano de 1980, trazendo ares e contextos mais contemporâneos.

E dentro de seu gênero investigativo, a televisão norte-americana possui um vasto leque de séries do mesmo cânone. Mas qual o elemento diferenciado que ‘Hawaii Five-O‘ tem nutrido ao longo de sua própria jornada de sucesso? O astro Alex O’Loughlin revelou, durante uma entrevista EXCLUSIVA ao CinePOP.

Em conversa com o nosso editor-chefe, Renato Marafon, O’Loughlin compartilhou o que faz a produção se destacar dentro de um cenário repleto de produções policiais-investigativas, revelando como ela se destaca dentro de sua fórmula de sucesso.

Disse:

“Essa é uma pergunta difícil de responder, porque eu não assisto TV, pois estou sempre muito ocupado trabalhando o tempo todo, tenho filhos pequenos, cachorros e uma série de coisas. Então, quando eu assisto algum tipo de conteúdo, é algo muito específico, então não consigo dizer. Mas o que posso dizer é que, em cada série, ainda que ela faça parte de uma fórmula – essencialmente, esse tipo de programa de TV é produzido dentro de um formato, existe uma fórmula que eles seguem e há uma receita específica de como as coisas precisam funcionar -, eu acho que algumas pessoas, e Peter Lenkov é uma delas, encontram uma maneira de trabalhar de forma diferente dentro da mesma fórmula. Eu eu creio que, de alguma forma, ele criou algo original dentro disso, quebrou algumas regras, coisa que alguns às vezes podem não conseguir fazer, não sei. Além disso, tudo se passa no Havaí! Todo mundo quer ver essa paisagem, as locações, é tudo tão incrível!”

O’Loughlin foi ainda mais além e compartilhou como gostaria que a jornada de seu personagem se encerrasse, em um futuro distante da produção:

Aproveite para assistir:

“Todo mundo grita comigo, porque eu tenho sensibilidades diferentes, mas eu já sugeri: ‘vocês poderiam tentar matá-lo!’. E eles ficam bravos, dizendo: ‘Você está maluco?’. E eu fico: ‘espera aí, porque? Seria incrível se vocês fizessem isso, seria como o fim de um herói e todos se juntariam ao seu redor’. E eles acham isso loucura e talvez seja mesmo, mas creio que um bom final para ele seria entregar a força tarefa e tirar um período de férias no México e no Brasil, mas sabemos que ele nunca consegue manter-se longe do trabalho. Mas não sei, é uma pergunta difícil. Porque ele é aquele tipo de cara que não sabe quando parar. Ele provavelmente vai morrer nesse trabalho. Ele é um pouco diferente de mim nesse sentido, porque se eu sinto que preciso de uma pausa, eu faço isso”.

O protagonista ainda refletiu sobre os heróis da vida real que inspiram o trabalho que ele e seus colegas de elenco realizam na série. Com entusiasmo e gratidão, ele compartilhou ao CinePOP como enxerga a arriscada profissão que policiais realizam dia após dia, em prol da segurança da população.

Pontuou:

“Não sei nem como começar a expressar o que sinto, quando eu vejo esses caras atuando. E não me refiro apenas aos grandes eventos que já aconteceram, como é o caso das Torres Gêmeas. Esses caras são heróis todos os dias. Eu tenho amigos que são policiais e bombeiros e eles são genuínos heróis. Cada dia eles arriscam suas vidas para manter outras pessoas vivas, se arriscam em prédios flamejantes para salvar vidas”.

 

A 9ª temporada será exibida no Brasil pelo canal AXN e estreia no dia 23 de Outubro, às 22h.

Em ‘Hawaii Five-O‘, uma unidade policial de elite opera taticamente para combater o crime no estado do Havaí, que foi o quinquagésimo a ser incorporado à confederação. Na trama, Alex O’Loughlin é o comandante Steve McGarrett, chefe da força-especial 5-0 e marinheiro da SEAL, que presta contas diretamente aos governadores da ilha. Sua equipe é formada pelo detetive vindo de Nova Jersey, Danny Williams (Scott Caan), tenente Chin Ho Kelly (Daniel Dae Kim), oficial Kono Kalakaua (Grace Park) e o médico legista Dr. Max Bergman (Masi Oka).